-->

Páginas

21 junho 2009

O vestido - II

Ontem peguei na minha mãe e fui ver mais vestidos. Na primeira loja experimentei uns doze; gostei de dois; fiquei quase convencida com um deles (o último que experimentei), mas achei por bem ir a mais uma loja, que tinha decidido visitar na véspera, só por descargo de consciência.

E lá fomos, eu e a minha mãe, para Lisboa, ver mais vestidos. Escolhi uns quantos nos catálogos e fui experimentar. Vesti o primeiro vestido e, enquanto a senhora mo puxava para baixo, para depois apertar atrás, consegui apenas dizer um quase mudo "ai, ai"...

E ali fiquei, a ver-me ao espelho, de todas as perspectivas. E a imaginar o vestido com o ramo de orquídeas que tenciono levar. E a imaginar a maquilhagem que vou fazer naquele dia. E a imaginar-me a entrar na igreja ao som de "Górecki", dos Lamb...

Vesti mais uns cinco vestidos. Houve outro de que gostei muito, mas o trabalho de bordado era demasiado "certinho" e se há coisa que não condiz comigo é o "certinho".

Pedi para voltar a vestir o primeiro vestido. Fui dar uns passos pela loja, para perceber se me sentia confortável com ele. Parei em frente a um espelho enorme, situado mesmo ao lado de uma janela. E vieram-me as lágrimas aos olhos. É este. A senhora perguntou-me se já me queria despir. Respondi perguntando se o podia despir só no dia a seguir ao casamento...

Achei estranho quando me explicaram que, quando vestimos o "nosso" vestido, sabemos imediatamente que é aquele. Fui vestindo vestidos de que gostei (uns mais do que outros, claro) e nunca senti aquele "click". E já nem estava à espera de o sentir, estava apenas a procurar o vestido que fosse mais eu e ao mesmo tempo mais confortável. Mas ontem, com o meu vestido posto, senti exactamente o que me disseram que ia sentir. E só consigo pensar no vestido... Que é lindo... E que tem umas quatro características que eu dizia que não queria (e que apenas gosto de ver neste vestido em particular)...

E sim, estou ansiosa que chegue o final de Agosto, para voltar a vestir o meu vestido de noiva...

3 comentários:

  1. Vai ser um casamento lindo de certeza! É de que marca o vestido? Há uns muito lindos da Rosa Clará, que se me casasse amanhã já saberia o que vestir. Ainda bem que encontraste o teu vestido, isso é importante, é o teu dia :) E a música é bonita! O importante é o significado que ela tenha para ti. Bjs grandes

    ResponderEliminar
  2. É mesmo assim. Auqle momento em que nos vemos ao espelho com O (nosso) vestido, é de chorar de emoção!

    ResponderEliminar
  3. Eu não te disse?! Vestes o TEU vestido e sentes logo que é aquele... comigo aconteceu o mesmo...

    Beijinho

    Filipa

    ResponderEliminar

Obrigada!