-->

Páginas

31 julho 2009

Coisas que me acontecem - Lisboagás

O meu prédio era servido pela Digal, nobre firma de gás propano canalizado. Aqui há tempos os administradores resolveram que bom, bom era mudar para o fornecedor e passarmos a ser servidos pela Lisboagás. Nós e mais 3 condóminos fomos contra. Perdemos a guerra, claro.

Há duas semanas mandaram-me uma circular a dizer que dia 28 seria feita a alteração dos contadores. Antes disso perguntámos o que era preciso fazer: nada. No dia voltámos a perguntar o que precisávamos de fazer: nada. Nesse dia à noite, liga-nos o aldrabão do comercial a perguntar se sempre queríamos assinar o contrato com a Lisboagás. Resposta: qual é a alternativa? Fogões de campismo?... Combinámos a assinatura do contrato para o dia a seguir à noite, o tipo disse que não iam retirar o contador, portanto era só uma questão formal.

Acontece que no dia seguinte chegámos a casa e contador... nada! Tiraram! Quando o comercial lá apareceu o meu homem refilou e tal, mas nada a fazer: teria que ser eu a assinar o contrato (e eu não podia naquela altura porque tinha saído para tomar café), pelo que se combinou para o dia seguinte de manhã.

Na manhã seguinte (ontem) vieram buscar o contrato e comprometeram-se a montar o contador no próprio dia. Claro que chegámos a casa à noite e contador nem vê-lo! Liguei para o aldrabão do comercial e chamei-lhe todos os nomes de que me lembrei! E o senhor só me dizia que já não era da responsabilidade dele, agora era com o departamento técnico...! Ficou de ligar hoje para lá para saber quando iam montar o contador.

Entretanto, e dado o nosso estado, lá fomos tomar banho a casa dos meus pais. Ora, o meu homem tinha-se levantado às 4h15... e acabou por se deitar à 1h (para se levantar às 5h)... Coisa boa!

De manhã cruzei-me com uns técnicos da empresa que anda a fazer a alteração e perguntei pelo meu contador. Resposta: só segunda-feira, na melhor das hipóteses. Passei-me! Voltei a ligar para o homem, que me disse exactamente isso. E eu só pergunto: sem gás em casa desde quarta-feira, onde é que é suposto três pessoas tomarem banho (uma delas uma criança pequena)? Como é que eu cozinho? Faço uma fogueira na cozinha, como os ciganos??

Claro que reclamei para a Lisboagás. A rapariga do atendimento a cliente foi muito atenciosa e disse imediatamente que, se o comercial se comprometeu a fazer as coisas acontecer, só tem que fazer o que diz que faz! Agora estou à espera que me liguem para saber como vai ser... Se eu apanhar o filha-da-puta do administrador que quis isto assim à frente, sou gaja para lhe dizer umas quantas verdades e para lhe aparecer à porta com uma toalha de banho na mão, para tomar banho em casa dele! Se ele quis tanto o gás natural, com certeza não se vai importar de partilhar com quem não tem...!

2 comentários:

  1. Isso é caso para acrescentar uma queixazinha na DECO também...
    Que incompetente da treta!

    ResponderEliminar

Obrigada!