-->

Páginas

31 agosto 2009

As mulheres são números

As mulheres transformam-se facilmente em números. Assumem-nos como identidades verdadeiras. As mulheres vestem 38, calçam 39, pesam 50 quilos, medem 1 metro e 70, andaram com 13 homens, deixaram 3 e foram deixadas pelos outros 10, estão há 6 meses sem sexo, conheceram 3 homens interessantes nos últimos 2 meses e acabaram a seleccionar o alvo. ligaram 10 vezes para o amigo da amiga, que lhes ligou 8 vezes, foram com ele ao cinema 5 vezes e saíram para jantar 2. Eles estiveram 3 dias sem dizer nada, elas juraram 15.000 vezes que não queriam mais nada com eles. Eles ligaram 7 vezes e deixaram 5 mensagens, elas reconsideraram 15.001 vezes a posição anterior e afinal já querem saber deles outra vez. Vão ao cinema mais 3 vezes, jantam mais 6 e dormem com eles 5. Assumem que estão juntos há 2 meses, quando eles nem sequer assumem que estão com elas. Depois elas passam a ligar religiosamente 3 vezes ao dia, eles atendem 1 vez e dão 2 vezes a desculpa de que não ouviram o telemóvel porque estavam numa reunião. Eles acabam enrolados com mais 3 mulheres e elas acabam a fazer contas a tudo o que já viveram com eles. Quando percebem que algo se passa passam a vestir o 36, perdem 4 quilos em 1 semana, aumenta para 11 o número de homens que as deixou, o que acaba por ser um número falso porque não se deixa aquilo que nunca se teve. E, quando contabilizam tudo novamente, constatam que estão deprimidas, procuram um médico e acabam a tomar 2 comprimidos por dia...

Isto é uma generalização. Não levem à letra.

5 comentários:

  1. Um pouco assustador isso... não gosto de ver as coisas dessa maneira. pelo menos, não reduzo a minha vida a númeras, embora os números façam parte dela. Mas transformar tudo em numeros estatísticos é um bocado deprimente. Bjs grds

    ResponderEliminar
  2. Hehe, achas que as mulheres têm esta mania de contebilizar tudo? Nunca tinha pensado nisso, mas és capaz de ter razão... =X E sim, é deprimente. Meh. Mas gostei de ler =)

    ResponderEliminar
  3. ahahah, muito bom. a maioria das mulheres é assim mesmo. azarinho.

    ResponderEliminar

Obrigada!