-->

Páginas

07 setembro 2009

Legislativas

Ontem vi um bocado do debate da Manuela Ferreira Leite com o Francisco Louçã. O Louça chama a questões como o casamento homossexual "questões fracturantes". E são mesmo. Se não fosse por mais nada, era pela posição do PSD em relação a isto que eu me punha a milhas destes senhores. Diz a tia Manela que as relações homossexuais não pressupõem a existência de filhos. E as heterossexuais pressupõem? Não. Há casais que não querem ter filhos e nem por isso têm menos direito a ser casados.

Eu acho que temos que ter TODOS os mesmos direitos. Se eu, que sou heterossexual, posso casar, os homossexuais também devem poder. Aliás, nem sequer devia haver a distinção hetero/homo no que toca à vida em sociedade. Porque, antes de dormirmos com pessoas do mesmo sexo ou de sexo diferente, somos cidadãos, pagamos impostos e, como tal, temos que ter os direitos iguais.

Depois, aquele "é a vida" que a tia Manela atira ao facto de os mais abastados poderem recorrer ao privado, no que toca à saúde, e os menos abastados não poderem não é resposta que se dê para nada. "É a vida" é coisa que se aplica a tudo e a coisa nenhuma. Por exemplo: "a Manuela Ferreira Leite tem cara de camelo mal parido". Resposta: "é a vida".

1 comentário:

  1. Concordo em absoluto.
    E na questão da saúde a tia manela tira-me do sério. Todos temos direito a viver uma vida com qualidade e dignidade, e isso inclui cuidados de sáude. Não tarda nada estamos como nos EUA em que as pessoas morrem porque o seguro de sáude nõ paga umas simples análises ou um tac (para não falar dos que são mandados para casa porque não têm sequer seguro, e portanto não podem ser operadas...)

    ResponderEliminar

Obrigada!