-->

Páginas

15 outubro 2009

Coisas que aconteceram while we were out

Nobel da Paz: já se sabe que eu sou uma Obama-fã. Assumida. Daquelas que acredita piamente que ele é o messias que vai mudar o mundo. E bato palminhas ao Nobel. E bato-lhe palminhas a ele, que mostrou uma vez mais, no seu discurso, porque é que ele é um gajo de quem se pode gostar. Ganha o Nobel, não deixa que o dito lhe suba à cabeça e continua o que anda a fazer.

Eleições autárquicas: soube ontem, pelo taxista que nos levou do aeroporto aos Olivais, que o Isaltino ganhou, que o António Costa ganhou, que o Rui Rio ganhou, que o Seara ganhou, que a Felgueiras perdeu, que o Ferreira Torres perdeu e que ele, o taxista, votou em Odivelas no CDS. Acerca dos vencedores: pese embora o facto de o tipo ser criminoso, Oeiras deve muito ao Isaltino. Por princípio sou contra a dicotomia criminoso-político. Mas se vivesse em Oeiras, não sei não... Ah, afinal sei: votava no Marcos Perestrello... António Costa parece-me lindamente. Muito melhor que a alternativa palhaça que era o Santana Lopes. Sobre o Porto não me pronuncio... O Seara ganhou: óptimo. É o meu presidente de Câmara (porque vivo no município dele) e o que é facto é que, desde que ele substituiu a Edite Estrela, a coisa melhorou.

Caim, José Saramago: eu que já tinha que ir a correr comprar o segundo livro do Stieg Larsson, agora tenho que aproveitar a corrida para comprar o Caim, do José Saramago. Eu não perco nada que tenha sido escrito por este homem. Sou facciosa, não quero saber de contra-argumentos e para mim ele é o melhor escritor do mundo. E sim, gosto da acidez dele e da escrita intrincada que nem toda a gente consegue ler. Não é para quem quer, já se vê.

Bloglines: 923 posts para ler. Menos mal, pensei que fosse pior...

4 comentários:

  1. Ah e as polémicas anúncio do Pingo doce e Maitê Proença?
    :)

    ResponderEliminar
  2. Bem vinda!!! Já estava com saudades!
    Um beijinho!

    ResponderEliminar
  3. Polémicas do Pingo Doce? Nao sei de nada...
    Quanto ao Obama, de quem gosto muito, nao devia ter ganho o nobel. Ganha-se o nobel como reconhecimento de algo que se fez, o que nao foi o caso.

    ResponderEliminar

Obrigada!