-->

Páginas

15 outubro 2009

Identidades

Este blog nasceu de duas coisas: da minha necessidade de escrever sem travões e da minha vontade de escrever para mim. Fazia (e faz) todo o sentido escrever sem situar muito as coisas. Não anunciei a criação deste blog em lado nenhum, ele foi "crescendo" naturalmente. Houve, obviamente, quem percebesse de onde eu vinha. Acontece que eu quero continuar a escrever sem me chatear muito com isso e sem andar constantemente a olhar por cima do ombro, à cata de fantasmas do passado. Portanto mantenho isto como está. Aqui sou a Marianne. Lá fora tenho outro nome mas quem me conhece sabe que a Marianne é muito mais aquilo que eu realmente sou do que outras coisas que escrevi nos entretantos. Hoje em dia é aqui que me sinto eu. É aqui que escrevo sem grandes auto-censuras e é aqui que me sinto bem.

Isto para dizer o quê? Que quem sabe, sabe. Fiquemos assim: Marianne, semi-anónima. Pode ser, maltinha?

Ah, e já agora, obrigada aos imensos novos leitores que a história do casamento me trouxe para aqui! Sede bem-vindos, claro!

8 comentários:

  1. Só tenho uma curiosidade: Marianne é pela música do Leonard Cohen? :) (ainda que não seja, é uma excelente escolha)

    ResponderEliminar
  2. Não sei quem es mas gostei muito do que li e para mim é suficiente e vou voltar!!

    Um beijinho
    Eduarda
    Be in ♥ love

    ResponderEliminar
  3. Claro que pode ser. Temos todos direito a privacidade, e é essa a melhor parte deste mundo que é a blogosfera: esta escrita sem censura.

    Beijinho

    ResponderEliminar
  4. :) cheguei cá através de um link e olha ainda bem! Estou aqui de lagrimita no canto do olho com a surpresa que o noivo te fez! Que lindo! É que nem tenho palavras!Que sejam sempre mto mto felizes é o que vos desejo!
    bjs

    ResponderEliminar
  5. Pois que eu também cá cheguei através de um outro blog e fiquei meio desconfiada (muitas coincid~encias, lol!!) Certo, Marianne!

    ResponderEliminar
  6. olá Marianne!
    também cá cheguei através de um outro blog. já tinha saudades de te ler 'livre', entendes? é um prazer ler-te.
    felicidades
    catarina

    ResponderEliminar

Obrigada!