Noites

outubro 26, 2009

Tenho passado os meus serões entre séries (Crusoe, mais uma a juntar às do costume) e livros.

Do "Caim" tenho a dizer isto: não molestem o senhor, deixem-no escrever mais uns anos, por favor. Olho para o Saramago e vejo um génio que se vai desvanecendo (no sentido em que vai ficando mais velho) e tenho pena que ele possa, eventualmente, perder as capacidades que tem. Porque o homem é genial. E olho para a minha prateleira de livros dele e fico feliz por não ter ainda tido tempo de ler tudo. Saramago é um autor que eu poupo, para não se gastar. E não há escritor português que chegue sequer perto dos calcanhares dele. Ok, talvez o Lobo Antunes (mas, sinceramente, o máximo que consegui ler dele foram crónicas. Talvez um dia me aventure nos romances...). Nem o meu queridíssimo José Luís Peixoto se aproximou ainda do Saramago (mas ameaça e tem potencial para isso!). Agora Rebelos Pintos, Tiagos Rebelos, Josés Rodrigues dos Santos e afins... poupem-me. Ah! Há outro que tem potencial: Rodrigo Guedes de Carvalho. Para que nunca leu nada dele, aconselho a redenção: podem começar com "A Casa Quieta" e seguir para "Mulher em Branco". E preparem-se para ser surpreendidos. Mas para gostar deste autor acho que é preciso gostar mesmo muito de ler. Aproveitem agora: este é daqueles que é leitura de inverno. Mas voltando ao Caim: olho para o livro e penso - que pena só ter 181 páginas... que pena já ter lido 45... vou fazer render. E faço. Com medo que se acabe. Porque é tão bom...

You Might Also Like

3 comentários

  1. Que engraçado também tenho uma estante com alguns Saramagos ainda para ler e gosto disso. Concordo também em relação ao Rodrigo Guedes de Carvalho tem muito potencial como escritor, sim senhora. E "A Muler em Branco" é um excelente exemplo disso mesmo. :-) Quanto ao Lobo Antunes li apenas "D'este viver aqui neste papel descripto: cartas de guerra ("Cartas da Guerra", 2005)" e gostei muito, mas gostei porque são cartas escritas a quem se ama e onde se relata, ao mesmo tempo, a situação em que estavam os soldados no Ultramar. Já tentei ler um romance dele e não consegui.

    ResponderEliminar
  2. Lobo Antunes tentei o "não entres tão depressa nessa noite escura", mas custou chegar a menos de meio, por isso deixei-o pelo caminho. Tenho o Peixoto e o Rodrigo Guedes de Carvalho à minha espera na estante...e o "Caim" também já me aguarda.
    Estou com boas expectativas nas minhas leituras deste inverno, estou...

    ResponderEliminar

Obrigada!

GoodReads Challenge

2020 Reading Challenge

2020 Reading Challenge
Lénia has read 29 books toward their goal of 40 books.
hide

Instagram

Parceria

Subscribe