-->

Páginas

21 dezembro 2009

Ainda o doce de abóbora

Tal como previsto, saí da cozinha às tantas. Aquilo teve que levar uma esfrega das antigas, havia doce por todo o lado: fogão, bancada, parede, chão.
Mas ficou tudo um mimo. Os frasquinhos, as etiquetas com os nomes das pessoas, tudo, tudo. Até dá pena oferecer aquilo (não dá nada, estou a brincar)!

Hoje trouxe um frasco para o trabalho. Vou ver quanto tempo aquilo dura...

(Para quem quiser saber: 1kg de abóbora, 600gr de açúcar amarelo - já roubei na receita, que mandava pôr 800gr -, três paus de canela, três casquinhas de limão. Abóbora 15 segundos na velocidade 5. Depois junta-se o resto, meia hora, temperatura 100º, velocidade 1, depois mais 22 minutos temperatura Varoma, velocidade 1, para apurar (convém estar sem copinho, para evaporar a água, e é precisamente isto que faz a chafurdice toda). E está feito!)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada!