-->

Páginas

10 dezembro 2009

O lado negro dos blogs

Se há coisa que me faz "espécie" é o lado negro dos blogs. Ou melhor, da blogosfera. Porque, aparentemente, há quem não perceba que um blog não é a vida de ninguém, a vida das pessoas não se resume a isto nem se resume nisto. Ninguém conta tudo nos blogs. As pessoas podem - e devem - dizer apenas e só o que lhes apetece. Ainda que isso choque muita gente e as faça pensar que aquela pessoa falta demais, não faz filtragem a nada do que diz e conta coisas que não são "contáveis" ou dá opiniões que não deveria dar. Mas o que as pessoas não percebem é que, por vezes, quando se fala teoricamente demais, na verdade não se está a dizer nada.

Um blog é um exercício de umbiguismo, ponto final. Para escrevermos só para nós abrimos um documento Word e despejamos tudo lá para dentro ou, caso se goste mesmo muito da ferramenta, cria-se um blog absolutamente privado. Os blogs revelam apenas e só o que cada um quer que se saiba de si. E por muito que possa parecer que quem escreve não tem critério - ou tem critério twisted -, a verdade é que quem controla, quem domina, é sempre quem escreve. A quem lê resta apenas isso: ler. E depois, eventualmente, comentar, opinar, concordar ou discordar. Mas escrever de forma diferente ou dizer "nunca na vida eu era capaz de dizer/contar isto" não dá a ninguém o direito de interferir no que se escreve noutros lados. Nos blogs, como na vida, cada um sabe de si.

E há sempre a solução final: botãozinho do canto superior direito (ou esquerdo, caso sejam agraciados com um MAC) e plim. Fechar janela.

8 comentários:

  1. Não podia estar mais de acordo... Há coisas que simplesmente não falo porque não acho que deva falar! Mas cada um é como é! beijoca

    ResponderEliminar
  2. É que não o diria de maneira diferente... Concordo a 1000% com a tua opinião. E, se ainda não o disse, digo agora: adoro ler o teu blog não só porque gosto da tua maneira de escrever mas principalmente pela visão crua, realista e prática que tens do mundo que te rodeia. Parabéns!

    ResponderEliminar
  3. Vai haver sempre alguém que nunca vai entender isso.

    ResponderEliminar
  4. Ora aí está! E cada um sabe o que escrever no seu respectivo blog!

    ResponderEliminar

Obrigada!