-->

Páginas

04 janeiro 2010

Das amizades

Como em tudo, há que saber escolher. Há que estar atenta aos sinais, à intuição, ao sexto sentido (ou chamem-lhe o que quiserem). É lá que está a diferença entre as pessoas de quem poderemos ser amigas e as outras de quem não vale a pena ser-se nada, amiga muito menos.

Eu tenho uma sorte do caraças com os amigos que a vida me deu. Tanto assim é que, além de tudo o que os amigos fazem por nós, eu tenho amigas que fazem quilómetros para vir almoçar comigo (M., posso engavetar-te nos amigos, não posso?) e que ainda me trazem bolo de cenoura para o lanche (bolo de cenoura é light. Cenoura é salada, logo o bolo é light - amei a teoria, C.).

4 comentários:

  1. Podes sim, e foi um prazer fazer os quilometros para almoçar contigo (foi mais pelas ovas mas vá...)

    (e na volta? não me perdi uma unica vez)

    ResponderEliminar
  2. Se eu tivesse vomitado perante as ovas tinha desculpa, não tinha?

    ResponderEliminar
  3. Mesmo que bons amigos, é preciso estar sempre atenta! ; ) ***

    P.S. A manteiga e a farinha dos bolos também são light? ; )

    ResponderEliminar

Obrigada!