-->

Páginas

12 janeiro 2010

Religião vs Dietas

No mundo cristão há um dia que se chama Natal. À volta deste dia há um infindável número de dias em que é tradição-hábito-costume-"obrigação" comer bomba calórica atrás de bomba calórica, até à explosão. Não há dieta que resista e, diria eu, 99% da população feminina engorda. Depois anda o resto do ano a tentar recuperar.

No mundo islâmico há um período chamado Ramadão. Dura um mês e durante esse tempo não se pode comer nem beber desde que o sol nasce até que se põe. Está bem que assim que o sol desce no horizonte se pode comer este mundo e o outro mas tenho para mim que, tendo em conta que a seguir é hora de dormir, a quantidade que se come não será alarvemente absurda. Como isto agora anda a calhar no fim do verão, quer-me cá parecer que 99% da população feminina emagrece. E passará, eventualmente, o resto do ano a manter a coisa. (Versão alternativa: come-se até rebolar e como se vai para a cama a seguir não se queima nada, acabando por se engordar mais ainda do que as cristãs-no-Natal, mas não é sobre esta versão alternativa que estou a falar).

Portanto, a religião ideal para ter um peso jeitoso é o Islão. Não estou a tecer considerações sobre mais nada. Apenas e só sobre pesos, massas gordas e afins. Ginásio ou mesquita? Hummm...

9 comentários:

  1. Naaaa. Não compensa o resto.

    E eu ia passar o dia a agarrar-me ao que conseguisse para não cair de fraqueza.

    ResponderEliminar
  2. Bom, tens como alternativa o judaísmo: tens por volta o ano novo judaico, o Rosh Hashana, em que é tradição comer doces e no final deste começa o Yom Kippur, o Dia da Expiação, em que jejuas entre sol a sol. E sempre é uma religião que partilha o Antigo Testamento, portanto não é assim tão distante. Clever, huh?

    ResponderEliminar
  3. Eu acho que sou mais feliz com o Natal... :)

    ResponderEliminar
  4. E depois comem caril, tikka massala e umas chamuças, e lá se vai a dieta ;p

    Magros magros são os japoneses!

    ResponderEliminar
  5. Hum.... como uma das minhas melhores amigas é muçulmana, de uma casta particulamente opressora, parece-me que preferiria engordar uns quilitos!

    ResponderEliminar
  6. Definitivamente preferia o ginásio...gordinha, mas livre:-)
    Bj

    ResponderEliminar
  7. Num tinha posto as coisas nessa perspectiva: genial. =) Por outro lado, podes pensar que as mulheres islâmicas passam geralmente mais tempo em casa, e eu em casa tenho tendência a comer (ainda mais porcarias)...

    Enfim, acho que tenho imenso jeito para engordar! :)

    *

    ResponderEliminar
  8. Tenho uma prima islâmica e não me parece que essa teoria funcione como dizes:p

    ResponderEliminar
  9. Nunca tinha pensado nisso nesse sentido :) Mas, como conhecedora de perto de islâmicos, a comida que enfardam antes de adormecer é tão calórica que, sinceramente, não sei se conseguem emagrecer!

    ResponderEliminar

Obrigada!