-->

Páginas

24 março 2010

Ao ouvido

Gosto de trabalhar com os phones nos ouvidos, quando estou a fazer coisas que a) requerem concentração, b) não implicam comunicação com o exterior. O problema é decidir que música vai bem com o que estou a fazer. Não pode ser nada muito agitado, não pode ser nada muito "guitarrado", não pode haver vozes estridentes a cantar. Portanto agora estou a ouvir Hotel Costes, coisa que não ouvia há anos. Nem sei bem porquê, porque houve uma altura em que eu só trabalhava a ouvir música. Chill out, principalmente. Pela mão do meu querido Juan... tenho tantas saudades desse tempo... de Alvalade, do comboio e metro, do Il Caffe di Roma, dos almoços no Acqua Roma, das conversas, da boa onda, dos churrascos no quintal (e das pielas anexas, powered by sangrias e caipirinhas, tudo feito sob instruções do patrão, que era o pior de nós todos), das histórias que se passaram naquela sub-cave, das noitadas, do nosso cliente dos aviões e das viagens que ele nos ofereceu... tantas saudades!...

2 comentários:

  1. Também trabalho com música, mas normalmente para não ouvir os disparates que me rodeiam. Mas ao contrário de ti, coloco o iPod em modo random e ouço qualquer coisa... Desde que isole o som do "exterior" :) Isso sim, é prioritário...

    ResponderEliminar
  2. Já eu preciso de silencio absoluto para me concentrar.

    ResponderEliminar

Obrigada!