-->

Páginas

04 março 2010

Da cirurgia (plástica)

Pernas bambas. Arrepios de frio. Despe roupa, veste bata, mete touca, calça "sapatas". Avisa enfermeiras de que as anestesias locais não querem nada comigo. Elas riem-se. Médico (simpatiquíssimo, embora longe de ser um Dr. Troy) passa álcool no sítio onde vai dar a anestesia. Anestesia dói. Médico pede uma fifteen blade (não pediu nada mas pronto, agarrou um bisturi qualquer) e começa a cortar. Primeiro aviso: ai. Médico: ai? Sentiu? Eu: sim. Médico: o que é que eu fiz? Eu: deu dois cortes, um acima do outro. Médico: enfermeira, dê-me lá aí a anestesia outra vez. Eu: eu avisei. Segunda anestesia. Médico: e agora? Eu: sinto mexer, mas não dói. Médico: está normal, então. RFM a tocar (definitivamente não é o Dr. Troy!). Médico: gosto da sua postura, acho que nunca operei ninguém que estivesse de perna cruzada. Eu: mas dá jeito agora, não dá? Médico: se dá! Corta. Cose. Segundo aviso: ai. Médico: sentiu? Eu: sim, a picada e o fio a passar. Médico: ora bolas... você é hipersensível. Eu: não me parece... Médico: se calhar não é noutras coisas e o seu organismo compensa com esta sensibilidade. Eu: está bem, compro essa teoria. Mais pontos. Uns oito, talvez. Médico: vai ficar aqui com uma marca. Eu: e depois? Médico: ah, valente! Avisos: fazer a vida normal, quando o penso cair, caiu, ir tirar os pontos daqui a 15 dias. Eu: posso ficar de baixa 15 dias? Médico: que exagerada! Eu: estava a brincar. Médico: vai ver que isto fica maravilhoso. Eu: o que é que me tirou? Médico: "nome técnico que eu nem sequer tentei perceber". Eu: e isso em português de leigos é...? Médico: um "outro nome técnico que eu nem sequer tentei perceber". Eu: ok... Enfermeira: não é nada de grave, eu já tirei três e tenho aqui outro para tirar. Médico: isto é normalíssimo aparecer nas pernas das senhoras. Enfermeira: os meus eram no peito e este é no ombro. Médico: excepção à regra. Eu: o meu pai tem uns quantos nas pernas. Médico: excepção à regra. Beijinhos e até à próxima. Eu: posso ir? Médico: consegue andar? Pode. Saí. Joelho dormente. Duas horas depois, joelho dormente. Quatro horas depois, joelho dormente. E vermelho. E gelado. Nada de circulação por aquelas bandas, parece-me. Penso mínimo. Picadas ocasionais. Dores perfeitamente suportáveis ocasionais. Fim de história.

[Obrigada.]

12 comentários:

  1. Pena foi não ter addo os 15 dia de baixa mas enfim...
    Pôe-te boa.
    Beijinhos**

    ResponderEliminar
  2. As melhores, minha linda! :)

    Beijocas

    ResponderEliminar
  3. [Respondo aqui em vez de no Formspring: comprei as camisolas há uns...4 anos talvez. Acho q cheguei a mandar foto deles com as camisolas vestidas.
    Perdi-te o rasto e afinal leio-te há q tempos e nem sabia q eras tu!!!]

    ResponderEliminar
  4. Olá, Ana! Já me lembro! Be very welcome!!

    ResponderEliminar
  5. Boa recuperação! Espero que as minhas or colegues tenham sido nices...

    Beijocas

    ResponderEliminar
  6. Autchh... picada, linha a passar... recordação: episiotomia... autchhh!
    boa recuperação!

    ResponderEliminar
  7. Só a descrição arrepia :)
    Boa recuperação!
    Bjs

    ResponderEliminar

Obrigada!