-->

Páginas

31 março 2010

Londres: o pior

O hotel. Voámos na EasyJets e ficámos no EasyHotel de Paddington. A zona de Paddington é fantástica, mas aquele hotel... deixem ver se me faço entender.

Imaginem um hotel pequenino. Imaginem que vos calha um quarto na cave. Imaginem que descem as escadas e em frente, à esquerda, está a porta do vosso quarto. Imaginem que abrem a porta com o cartão. Imaginem que entram. Imaginem que caem para o lado. Foi mais ou menos o que me aconteceu.

Porta. À direita, parede até ao fundo do quarto. Uma janela (já lá vamos). A cama encostada à parede do fundo do quarto. À vossa esquerda, a porta da casa-de-banho que, para manter a coisa numa de Easy, é do tamanho de uma casa-de-banho de avião (e não estou a exagerar). Corredor. Uma virada à direita. A parede do topo é onde a cama encosta. Sim, o quarto é do comprimento da cama. Um dos lados da cama encosta à parede (ou seja, temos 3 lados da cama encostados: cabeceira, pés e lado esquerdo), o outro dá para um espacinho com 30 ou 40 cm, ladeado pela tal parede que separa o quarto da casa-de-banho.

Portanto a coisa funciona assim: quando um está no chão do quarto, o outro tem que estar em cima da cama ou na casa-de-banho. Quando estamos na cama, as malas têm que estar em pé, fechadas, encostadas à parede do fundo do quarto. Dá para perceber a ideia?

A janela: imaginem que até pagam mais não sei quanto porque sim, querem um quarto com janela. E que a dita dá para um bocado de terreno que vocês nem conseguem ver. E que, por cima, há tijolo de vidro, que faz de passeio, na rua. E que este bocado tem luz fluorescente todo o dia e toda a noite. E que, portanto, têm que arranjar forma de tapar a janela que afinal não faz falta para nada, não impede que se sintam fechados num bunker e não vos deixa dormir, com a claridade. Épico, no mínimo.

Maneiras que é isto. Se aconselho? Não. Se era limpo? Sim. Barato? Sim. Bem localizado? Sim. Isso tudo. Mas não me apanham lá outra vez, não!

12 comentários:

  1. Aconteceu-me algo do género. Quase não cabíamos no quarto... ao mesmo tempo! E chegar à casa de banho era algo muito semelhante à corrrida dos 100m barreiras, por causa das malas, empilhadas no meio do caminho ;)

    ResponderEliminar
  2. Bom, pelo menos era barato, bem localizado e limpo. Eu já não posso dizer o mesmo de um hotel onde fiquei num subúrbio londrino qualquer de que já nem me lembro o nome porque quis foi fugir de lá o mais depressa possível! Só para teres uma ideia, o cheiro era de tal forma nauseabundo que assim que entrámos a primeira pergunta que fizémos na recepção foi se podíamos ficar só uma noite em vez das 3 que estavam reservadas! E o resto não conto aqui porque seria, com certeza, um comentário mais comprido que o teu post (LOL)... se tiveres curiosidade já sabes, manda mail.

    ResponderEliminar
  3. Por mim barato e limpo é o melhor! Claro que o barato nem sempre (ou nestes casos quase nunca) é o melhor.

    ResponderEliminar
  4. Que são baratos lá isso são, o que em Londres é sempre difícil, mas pelos vistos é um dos casos em que o barato sai caro.

    ResponderEliminar
  5. Para alguém como eu, com aversão a locais muito fechados, definitivamente esse hotel não dava.
    Mas, como disseste, pelo menos era barato, bem localizado e limpo. :)
    Bisoux

    ResponderEliminar
  6. Eu aconselho os Travelodge, que são limpos, relativamente baratos e têm espaço suficiente.

    Eu uma vez fiquei numa pensão em King's Cross (que alguém reservou por mim) cujo quarto nem estava limpo nem tinha casa-de-banho. Para além disso, o cubículo com a sanita e o cubículo com o chuveiro ficavam em andares diferentes :p

    Quanto a Paddington, é realmente bonito :) Gostaste de Little Venice?

    ResponderEliminar
  7. Ui essa descrição até assusta. Em Inglaterra as casas, habitualmente, não têm estores, não entendo porquê... sempre que durmo na casa da minha irmã passo-me...

    ResponderEliminar
  8. E fotos? <como estava o tempo? <choveu muito?

    ResponderEliminar
  9. Não foste procurar testemunhos de quem já tenha ficado no hotel? Eu faço sempre isso. Reservo pelo site venere.com e leio sempre os relatos de quem já ficou nos ditos ;-)

    ResponderEliminar
  10. Qdo estive em Londres há dois anos, encontrei uma promoção no Booking para o Meliá White House (Regent's Park) pertíssimo de Oxford Street e Piccadilly Circus. Fantástico! Estávamos com a nossa filha, na época com 2a5m, e conseguimos um upgrade para um quarto superior.

    Se procurarmos bem, encontramos hotéis 4* ou 5* ainda mais baratos que um 3* ou 2* Ah, pois é!!!

    ResponderEliminar
  11. Vá que nem tudo era mau! AO menos era limpo.

    ResponderEliminar
  12. Eu fiquei no Royal National na Bedford Way em Londres,e tirando os quartos rascos,os empregados rascos, o mais rasco era sem dúvida o pequeno-almoço continental buffet...sem dúvida, um épico de vomitar e chorar por menos; o pão(?) rasco congelado e as torradas frias,a manteiga e o café sofríveis,a falta de leite quente,os sumos enjoativos de maçã e laranja
    só as compotas miniatura escapam por pouco,num pequeno-almoço miserável sempre vigiado ao promenor por incansáveis empregados "indiano-style".
    NÃO RECOMENDADO A ESTÔMAGOS FRACOS,SÓ MESMO PARA DORMIR SEM PENSAR MUITO NO HOTEL

    ResponderEliminar

Obrigada!