-->

Páginas

24 março 2010

Paixão assolapada

Eu tenho uma paixão assolapada pelo Tiago Bettencourt (desculpa lá, margarida!). A maneira mais fácil de me conquistarem é pela escrita - e o mais importante nem é a ausência de erros, mas sim a presença de originalidade, de poesia. O Jorge Palma, antes de flipar e se pôr a escrever merda como o "Encosta-te a Mim" e esta trampa mais recente do "Troco Tudo Por Um Beijo" (pronto, para um filme com a Soraia Chaves também não se pode exigir mais, vá), escrevia muito, muito bem. Depois fritou. E apareceu o Tiago Bettencourt, que escreve divinalmente. E ainda por cima canta. E tem aquela pinta de semi-bad-boy-outsider que é coisa para mexer comigo. "A Carta" é das coisas mais sublimes que já ouvi. E ele parece-me um doce de homem. É isto.

6 comentários:

  1. Então e esta, nova?

    http://www.youtube.com/watch?v=lOZW59MpUtc&feature=player_embedded

    Gosto muito. Já não gosto tanto é da com a Mafaldinha Veiga. Boooooring.

    ResponderEliminar
  2. Também gosto desta. Mas "A Carta" ilustra na perfeição a minha pancada pela escrita dele...

    ResponderEliminar
  3. Pffff, ele é meu amigo no facebook (eu e mais umas mil e quinhentas mas isso não conta).

    Laços. É essa a música que ele me dedicou (ele diz que não, mas é envergonhado, tadinho)

    (E baixo baixinho)

    ResponderEliminar
  4. Eu sei. Tem quinta ao lado da tua. Pfff!

    ResponderEliminar
  5. Tenho que concordar contigo... Hoje ouvi uma entrevista dele na rádio e dei por mim a suspirar...

    Beijinhos

    Helena

    ResponderEliminar
  6. Ó Margarida, é bonita, sim (eu sei que ele te dedicou isto, é mesmo fofinho).

    ResponderEliminar

Obrigada!