-->

Páginas

16 março 2010

Quando Marte alinha com Júpiter...

... acontecem improbabilidades. Uma conversa com uma pessoa improvável resvala para um assunto improvável. E lá ao fundo, na nossa mente, começa a formar-se uma imagem... que fica cada vez mais nítida. E pensa-se... mas que raio... porque é que esta conversa está a acontecer? Qual é a probabilidade? Qual é o propósito?

Acusam-me, a mim e aos da minha "espécie", de ser visionária, de antecipar tudo com alguma antecedência. E eu espero sinceramente que seja mais uma vez o caso. Que eu tenha sido a primeira a ver o que mais tarde toda a gente vai ver.

Não é fácil (mas é giro). Playing the Cupid, I mean...

E agora que já mexi os cordelinhos que tinha que mexer, vou escolher o meu lugar ali, algures na primeira fila, e ficar a assistir. E se Marte se tiver alinhado com Júpiter... há-de acontecer magia...!

[E mais uma vez se prova: eu quero tanto que tu sejas feliz, tanto...]

4 comentários:

  1. Isso já não é comigo... Já fiz o meu papel, que foi estabelecer o contacto...

    ResponderEliminar
  2. Tambem posso torcer por ela?Ela merece! ;)

    ResponderEliminar

Obrigada!