-->

Páginas

30 abril 2010

Nostalgia

Hoje de manhã, não sei porquê, senti um cheiro estranho em casa. Estranho e bom. Delicioso, na verdade. Não percebi de onde vinha. Só sei que fechei os olhos, nariz espetado no ar, e voei para 2005, 2006... quando ainda vivia sozinha naquela casa. Era o cheiro dos meus sábados de manhã, quando tratava das limpezas. Era o cheiro da Primavera naquela casa que na altura era habitada só por mim (e por dois gatos de quem tenho imensas saudades). Hoje de manhã cheirou-me a casa. E não pude evitar o sentimento de nostalgia que me tocou. Estou melhor agora, amo a vida que tenho agora. Mas fui tão feliz ali, sozinha, naquele mundo que era meu, que fui eu que criei... Se pudesse vivia tudo outra vez (com a premissa de que, passados dois anos, a minha vida fosse exactamente aquilo que é hoje).

4 comentários:

  1. Por acaso não era o teu marido que estava a fazer limpezas?;)

    ResponderEliminar
  2. os cheiros (e as musicas também) têm esse poder de nos fazer voar no tempo, nem que seja em pensamento...

    ResponderEliminar
  3. Nostalgia...sinto isso tantas vezes, um desejo gigante de poder voltar a um determinado tempo em que fui tão feliz, mas sem deixar de ter os dias que me fazem feliz no presente. Para mim hé um perfume que me recorda sempre de quando vivi em Roma. Era o perfume que usava na altura e que não voltei a comprar. Mas que de cada vez que o cheiro na rua em alguém tem o poder instantâneo de me fazer voltar no passado.

    ResponderEliminar

Obrigada!