-->

Páginas

03 maio 2010

Das pré-impressões

Há muito que embirro com a Laurinda Alves. Motivo? Não consigo não embirrar com alguém que foi casada com o Miguel Sousa Tavares. Se calhar devia gostar muito dela; afinal de contas divorciaram-se. Bom, adiante: não tinha boa impressão da senhora e isto é do mais infantilóide e idiota que pode haver, porque nunca me dei ao trabalho de ler mais do que uma crónica dela aqui e ali. Ou seja, não tinha motivos para. Até que.

E rapidamente mudei de opinião (precisei de exactamente três minutos e cinco posts).

5 comentários:

  1. engraçado que até há pouco tempo (vá, algum tempo... tipo um ano ou dois... ou três, não interessa, não me recordo), eu pensava exactamente como tu (porque também não consigo simpatizar com o MST). foi também quando realmente li uma coisa dela que mudei de opinião :)

    ResponderEliminar
  2. Bom, eu cá sempre achei a senhora super "simpática". Tem mau gosto...isso sim :P

    ResponderEliminar
  3. Eu gosto imenso dela (quer dizer, do que escreve e da postura que transmite para o público) e também gosto imenso de vir aqui (pelos mesmos motivos), por isso não acho que sejam coisas incompatíveis:)!
    Beijos*

    ResponderEliminar
  4. O blog dela é mto bom.Já conhecia.
    Ainda bem que ultrapassate o mau gosto dela em homens ;) ao menos é como dizes já se divorciou e tal. Valha-nos isso!
    beijinhos

    ResponderEliminar

Obrigada!