-->

Páginas

04 maio 2010

Viver depressa

Vive-se demasiado depressa na minha geração. Morre-se demasiado cedo. Ficam coisas por fazer. Ficam histórias por contar. São vidas inacabadas. Ontem soube de mais duas. Dela lembro-me bem, dos tempos de faculdade. Dele nem por isso. Morreram juntos, de acidente de carro. Demasiado cedo. Demasiado depressa.

1 comentário:

Obrigada!