-->

Páginas

23 junho 2010

A classe médica

Na semana passada tive que levar a minha cria ao hospital (problemazinho mínimo que ficou logo resolvido).

Depois da costumeira espera lá fomos chamadas. Entramos no gabinete e estavam dois médicos, uma interna e um jovem que eu não percebi se era estudante ou interno também. Olhei para o homem e gelei... LINDO de cair para o lado. Mesmo. Moreno, barba de 3 dias, alto, magro, de jeans e Merrell. De cair para o lado, já disse?

A interna observa a miúda, ele também. A miúda muito compenetrada na consulta. A dada altura ele, para a auscultar, manda-a respirar fundo. Sem conversa-para-criança, que foi o que me fez pensar que ele não deve ser da especialidade.

Lá chamaram uma outra médica, mais experiente. E puseram-se os três em frente à minha filha, a olhar para os olhos dela (que foram o motivo da consulta). E ela, palhacita, começa a piscar os olhos. Eles desataram os três a rir ao mesmo tempo e o médico fechou dizendo um "tens uns olhos muito bonitos".

Ela chegou a casa e disse ao pai que o médico era lindo. O pai perguntou quem é que era mais bonito, ele ou o doutor. Resposta dela: o doutor. Passado um bocado, ele voltou ao ataque e perguntou quem era mais bonito, o doutor ou ele. Resposta dela: o doutor.

Eu cá acho que aquele médico é mal empregado para pediatria. Devia ir para uma especialidade onde apanhasse mulheres solteiras. Agora em pediatria vai passar a vida a esbarrar em casadas, o que é pena (para ele, claro)...

8 comentários:

  1. O teu marido todo roído.... Ehehehehehehe! Muito bom...

    ResponderEliminar
  2. O target são as mães divorciadas, com certeza...

    ResponderEliminar
  3. Loool... o teu marido devia ter ficado com o ego mesmo em baixo.

    Imagina se o medico fosse ginecologista. Não havia mulher que tivesse vergonha de mostrar as suas vergonhas lol

    beijinhos*

    ResponderEliminar
  4. Se calhar a miúda estudante era eu, já pensaste nisso? (Naa que a semana passada não fiz urgência).

    Tens de me dizer onde é isso que eu médicos giros, nem vê-los, livra. E vejo tantos!

    ResponderEliminar
  5. Ó Cat, não eras nada tu! A interna tinha placa com o nome. O outro é que eu desconfio que era aluno. Foi no HSFX... (que é o único hospital de LX que eu "frequento").

    ResponderEliminar
  6. Ginecologia também era capaz de não ser uma especialidade indicada!

    ResponderEliminar

Obrigada!