-->

Páginas

09 junho 2010

E hoje

Acordei, não comi nada (sacrifício), levei a minha filha ao sítio do costume e fui fazer análises (sacrifício). Uma picada, seis tubinhos de sangue (sacrifício), depois beber uma mistela-menos-má-que-é-água-açúcar-e-limão, esperar uma hora, nova picada, mais um tubinho de sangue. Sair de lá de lado, azamboada, agoniada, cheia de fome. Casa da mãe com ela, para beber café, comer uma torrada e beber um copo de leite. Menos mal. Ninguém disse que isto era fácil. E a segunda gravidez é sempre menos encantada que a primeira. Já nada é propriamente novidade, não há aquele frenesim do primeiro filho. Mas continua a ser uma experiência compensadora e cheia de momentos altos!

4 comentários:

  1. bem, a segunda não sei, mas estou adorar a minha primeira! ;)

    ResponderEliminar
  2. Muitos Parabéns pela gravidez!!

    Espero que corra tudo bem!

    ;)

    ResponderEliminar
  3. Eu ainda nao fui fazer esses exames, só lá para julho creio. E os enjoos cada vez que acordo fico á espera tipo "vem aí ,é agora". Nao acordo fresca que nem uma alface, mas nao me posso queixar, espero que os teus enjoos ja tenham passado, ou nao estejam tao maus...:-)

    ResponderEliminar
  4. Os meus enjoos não começam logo de manhã... aliás, é mais normal aparecerem depois de eu comer o que quer que seja (excepto fruta). Não são daqueles impossíveis de aturar, mas são chatinhos. E o que mais me lixa é já ter tido uma gravidez santa e agora esta estar a ser meio endiabrada! A outra foi tão fixe... aproveitei tanto...!

    ResponderEliminar

Obrigada!