-->

Páginas

23 junho 2010

Sobre "A Décima Sinfonia"

Tinha saudades de ler um livro a este ritmo. Bem escrito, com ritmo, interessante, bem estruturado. Só encontrei uma "falha de raccord", mas nada de grave. Irrepreensível. A história prendeu-me porque conhecia mal o universo Beethoven. Fiquei a conhecer melhor. O livro, sendo um policial, consegue o que poucos conseguem: surpreender. Não estava nada à espera do final... Vale a pena ler!

Entretanto continua a saga d'"O Físico" e peguei n'"O Ano da Morte de Ricardo Reis", que estou a adorar (óbvio... ainda está para nascer um livro de Saramago de que eu não goste!).

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada!