-->

Páginas

18 junho 2010

Triste, triste, triste

Eu não estou preparada para um mundo sem José Saramago. Não estou preparada para um sem o melhor escritor português de todos os tempos. Andei a guardar "O Ano da Morte de Ricardo Reis", para ler só quando o Saramago morresse. Hoje será o dia de pegar nele e saborear aquele que o autor considerava o seu melhor livro. Em jeito de homenagem. Até sempre...

9 comentários:

  1. Nem eu, querida. Estou mesmo triste, fogo! :'/

    ResponderEliminar
  2. Morreu, mas as suas obras continuarão vivas para sempre.

    ResponderEliminar
  3. Então essa é a melhor obra que podias ler agora, por várias razões. é um dos melhores dele e trata a morte de forma magistral.

    ResponderEliminar
  4. Estou desconcertada com esta notícia. É muito triste.

    ResponderEliminar
  5. foi uma notícia que deixou todos os que o adoravam assim, sem palavras. já li esse livro e, como todos, é absolutamente fantástico.

    ResponderEliminar
  6. Sou uma grande admiradora da obra de Saramago e também eu considero "O Ano da Morte de Ricardo Reis" um livro genial. José Saramago deixou-nos um legado de que nos devemos orgulhar.

    ResponderEliminar
  7. Também fiquei profundamente triste com a sua morte. Ainda alimentava a esperança de um dia estar com este homem que tanto admiro cara a cara.

    ResponderEliminar

Obrigada!