-->

Páginas

19 julho 2010

Upside down

Eu sou ao contrário da gente normal, não é novidade, sempre fui. Uma espécie de "what not to do" ambulante, em que, mesmo que eu não queira, mesmo que não seja propositado, o karma vem ao de cima e plim... tudo ao contrário da gente normal.

As pessoas normais, quando estão grávidas, têm fome, comem o que lhes apetece e, side-effect, aumentam de peso. Eu não tenho fome, não consigo comer nada de jeito e não aumento de peso coisa nenhuma. Au contraire, a cada semana que passa as minhas calças alargam no rabo e pernas. Não me queixo, mas como já sei o que aí vem a seguir... Depois de a criança nascer, lá para Janeiro, hei-de andar a comer este mundo e o outro e hei-de chegar àquele ponto em que até o ar me engorda. Depois hei-de fazer mil dietas inúteis quando bastava manter o que agora faço porque não consigo fzer de outra forma. Se no pós-parto eu comesse o que como agora voltava aos meus 55kg num tirinho. Isso é que era...

3 comentários:

  1. POde ser que mantenhas sempre a linha agora!

    ResponderEliminar
  2. Podes ser das sortudas que fica sempre elegante, antes e depois:) bj!

    ResponderEliminar
  3. Lol, Rita... devia, mas não sou. Para teres uma ideia: quando engravidei da minha filha pesava 55. Quando dei entrada na maternidade pesava 63. Perdi uns 6kg com o parto. 3 semanas depois pesava 63 novamente. Um ano e tal depois cheguei aos 65. Agora quando engravidei estava nos 63 novamente. Espero não chegar aos 70. E depois tenho o peso das duas gravidezes para perder...

    ResponderEliminar

Obrigada!