-->

Páginas

10 agosto 2010

As putas de Leiria

Houve uma noite desta semana que sonhei que tinha ido, com o meu marido e uns amigos nossos, jantar a um sítio em Leiria. Era uma espécie de quinta para casamentos / hotel, que tinha um restaurante todo chique. Lá encontrámos mais uma série de ex-colegas da faculdade, misturados com uma data de mulheres "discretamente" vestidas (tops decotadíssimos, soutiens todos rendados completamente de fora). Percebemos que eram putas.

Noutra mesa estava um senhor dos seus 60 anos, bem apessoado, acompanhado por uma loira que não deixava margem para dúvidas. Jantaram, nós também. A dada altura meti-me com ela, não sei porquê, e perguntei quanto é que lhe custava ser puta, por ano. Ou seja, quanto é que ela gastava em manicures, cabeleireiros e afins, por causa da profissão que tinha. Ela disse que gastava € 1.902 (e mais uns cêntimos), e que para ser rentável precisava de fazer € 18.000/ano. Eu perguntei quanto é que ela cobrava por cliente: € 300. Ora o senhor estava a pagar a conta do jantar, que ascendia a mil e tal euros. E eu disse-lhe que ela estava a ser parva: se o homem pagava mil e tal euros por um jantar, porque é que havia de pagar apenas € 300 para a comer a ela...?

Entretanto eles subiram para um dos quartos do hotel e nós viemos embora... Nada estranho, pois não?

5 comentários:

  1. De facto, é um sonho estranho! Mas deu para me rir com a tua pergunta à dita senhora ;)

    ResponderEliminar
  2. Gostava de saber qual era o nome do restaurante...Para não ter que por lá os pés... já basta as surpresas que temos que levar quando não avisados da possibilidade de isso acontecer! :P

    ResponderEliminar
  3. Há sonhos muito bons, de facto ;) Também costumo ter muitos sonhos em que nada parece fazer muito sentido... mas são engraçados :)

    ResponderEliminar
  4. Mas que sonho mais pormenorizado...lol

    ResponderEliminar

Obrigada!