-->

Páginas

17 setembro 2010

Do céu

Amanhã, algures durante a manhã, um avião vai sobrevoar uma cidade que adoramos. Dentro desse avião vai estar ele. Agarrado a um homem qualquer, suponho. Agarrado a cabos e a um pano que, espero, seja o suficiente para o suster no ar e o fazer descer devagarinho, até tocar com os pés no chão.

Amanhã, algures durante a manhã, o meu marido vai atirar-se de um avião. E eu só espero não ficar viúva no processo...


5 comentários:

  1. bah, não digas isso que não estivesses tu barriguda ias atirar-te do avião com ele!

    ResponderEliminar
  2. Que inveja da boa :D tb quero voaaaaar :D

    Vais ver que corre tudo bem .. energias positivas :)

    ResponderEliminar
  3. Morgs... olha que não sei se ia, sabes? Antes de ter filhos nem pensava duas vezes... mas agora... não sei, não!

    ResponderEliminar
  4. Então temos paraquedista :)
    O meu também é :)

    ResponderEliminar
  5. Deve ser uma experiência fantástica, mas acho que é preciso uma certa coragem ;)

    ResponderEliminar

Obrigada!