-->

Páginas

08 setembro 2010

In English, please

Uma das minhas chefias é de nacionalidade britânica. Nascido, criado e vivido em terras de Sua Majestade até aos 30 e tal anos.

Hoje de manhã, para mim: Marianne, this client sent us a text in English, but it's not great. Can you please check it and change whatever needs to be changed*?

E eu: yes, no problem...

(Eu não sou inglesa, sim?)

* Marianne, este cliente enviou-nos um texto em inglês, mas não está grande coisa. Importas-te de ver e mudar o que tiver que ser mudado?


9 comentários:

  1. Estamos, então, perante um grande elogio, verdade?

    ResponderEliminar
  2. Kind of... (da mesma forma que nem todos os portugueses escrevem português como deve ser, também há ingleses que dão calinadas no inglês...)

    ResponderEliminar
  3. Já agora, e muito a propósito, é Majestade...

    ResponderEliminar
  4. lol :P Viva a "lei da preguiça" defeito de chefe...lol :P

    ResponderEliminar
  5. Não é preguiça, B.B... É procedimento interno.

    ResponderEliminar
  6. Conheco tão bem a espécie inglesa. Primeiro que uma pessoa lhes arraque um elogio é um martírio...e depois é assim por indirectas que vamos percebendo que até somos boas naquilo que fazemos. por isso, nada melhor que sentir orgulho!

    ResponderEliminar

Obrigada!