-->

Páginas

24 novembro 2010

32


Sete meses e tal. Acabou escorpião. Não podes nascer porque és pequeno (ratito, pá!). Podes nascer porque acabou escorpião (e se há coisa que eu não queria era um filho escorpião - não por causa dele, mas por minha causa, que sou aquário e uma e outra coisa são, vá, difíceis de gerir. E sim, isto é só uma parvoíce colateral). Não podes nascer porque ainda me falta lavar imensa roupa para ti (viva a nossa senhora do empréstimo, que fez com que tivesses um enxoval fabuloso disponível). Não podes nascer porque ando a adiar a ida à farmácia e ainda não comprei o que falta nesse departamento. Não podes nascer porque o berço (mais uma vez powered by nossa senhora do empréstimo) ainda não está montado. Nem a tua cama, no teu quarto, onde vais dormir as sestas desde que nasças. Não podes nascer porque ainda não passou o Natal e o teu tempo é só depois disso. Não podes nascer porque ainda não fomos onde queremos ir contigo na barriga (mas vamos no sábado, se não chover este mundo e o outro). Não podes nascer porque não é suposto que nasças antes das 38 semanas. E isso deixa-nos mais 6 semanas para passarmos juntos.

Serão as minhas últimas semanas grávida (supostamente). A nostalgia começa a aproximar-se. Não sou a maior fã de estar grávida, mas adoro a sensação de ter vida dentro de mim, dois corações a bater, em vez de apenas um. Gosto da ideia. Não gosto de tudo o que, na prática, a ideia traz. As dores nas costas, os pontapés que me tiram o ar, o cansaço, a falta de mobilidade, a inércia, o acordar a meio da noite para ir beber leite ou comer cereais, a sensibilidade ao extremo. Tudo coisas que não sou lá grande espingarda a gerir. Mas ser mãe não é estar grávida. Ser mãe é o que vem a seguir e disso sim, gosto. Gosto muito.


13 comentários:

  1. Não te "falo" mais... Afinal, sou escorpião, logo tenho mau feitio. ;)

    ResponderEliminar
  2. Querida Marianne:
    Tenho de lhe dizer isto. Não tenho instinto maternal nenhum.
    Aos 27 anos não me passa sequer pela cabeça ter filhos. Também não sou radical ao ponto de dizer que nunca vou querer ter filhos, mas para já não faz parte dos meus planos.
    Mas quando a leio, quando leio as aventuras da sua pequenina e estas do que aí vem tenho vontade de ser mãe. O amor que transmite é tão grande que me faz querer partilhar o mesmo.

    ResponderEliminar
  3. Filipa, Filipa... Não se aplica a amigos! Nós gostamos dos amigos mesmo que não saibamos em que dia eles fazem anos. E esta coisa dos signos serve sempre de desculpa para incompatibilidades (a minha ex-colega, a tal que cantava, era escorpião).

    ResponderEliminar
  4. Ana... obrigada. E é mesmo o que dizes: é amor. O melhor, o mais verdadeiro, o mais inesgotável, o que não desaparece, o que existe apesar de tudo. E isso, para mim, não tem comparação.

    ResponderEliminar
  5. Já está mesmo quase... boa sorte!

    ora ora... eu sou Escorpiã e tenho óptimo feitio!

    ResponderEliminar
  6. Lá está, S*... o problema não é os outros serem escorpião... é eu ser aquário!!

    ResponderEliminar
  7. É bem verdade que Escorpiões e Aquários não vão à bola uns com os outros, bem vejo as diferenças entre mim e o meu irmão. :)

    ResponderEliminar
  8. Estas muito elegante :)
    Gosto de todas as fases, nao me importava nada de voltar a repetir a experiencia, quem sabe um dia.
    Tudo de bom e que ele se mantenha ai mais um tempo.
    Beijinho.

    ResponderEliminar
  9. Marianne, estás uma grávida super elegante :)

    ResponderEliminar
  10. só mais uma para contrariar - eu e o meu marido, juntos há 15 anos (7 namoro + 8 casamento + 2 filhos); eu Escorpião, ele Aquário. Espero que corra tudo bem! Felicidades
    Xana

    ResponderEliminar
  11. Desculpem lá os escorpiões, eu conheço dois e tem ambos um feitiosinho que Deus me livre... Mas deixem lá que a minha filhota é carneiro e a coisa não melhora muito ;)
    Signos á parte, ser mãe é mesmo a melhor coisa do mundo, eu ando num dilema à alguns meses sem saber se ligamos á cegonha outra vez ou não, eu quero muito mas quando penso a fundo no assunto, não sei se conseguimos gerir duas crianças pequenas!!!

    ResponderEliminar
  12. Essa cena dos signos deve ser mesmo uma parvoice colateral... eu sou escorpião e o meu marido aquário, o nosso filho é touro, já deves imaginar q animação é a nossa casa lol temos os nossos dias... de resto é tudo às mil maravilhas!

    ResponderEliminar
  13. Tás linda! Ainda falta, aproveita muito =) *

    ResponderEliminar

Obrigada!