-->

Páginas

12 novembro 2010

Who we are


É isto mesmo. Arrependimento é coisa que não existe para mim. Ou antes, existe, mas não é nada de muito volumoso na minha bagagem. Já fiz, como toda a gente, asneira da grossa, em muitas áreas da minha vida. Mas foram esses erros, a par com o resto, que fizeram de mim aquilo que sou hoje. Houve situações complicadas, em que teria sido muito mais fácil não ter que passar por elas. Mas foram precisamente estas situações as que mais me ensinaram, portanto não dou o tempo por mal empregue.

Quando a vida nos corre mal, isso obriga-nos a sair e a tentar ver a coisa de fora. E acabamos, regra geral, por ver as coisas de uma forma como nunca tinha acontecido até aí. Depois cabe a cada um fazer dessa aprendizagem um valor acrescentado... E seguir em frente, com mais umas quantas ferramentas que podem ser muito, muito úteis...


3 comentários:

  1. Para mim nao ha coisa pior do que arrepender-me por nao ter feito algo.
    As vezes dou-me bem outras menos bem, mas como dizes e com muita razao, tiramos licoes importantes dos erros que cometemos.

    ResponderEliminar
  2. Acredita que há coisas que me arrependo, pois talvez nao as devia ter feito. Mas, tal como tu dizes,só assim é que aprendi e cresci. Provavelmente sem isso, nao tinha aprendido o que sei hoje. O que já está, já está. Agora é olhar em frente e tentar ser e fazer melhor.

    ResponderEliminar
  3. Por vezes gostava de apagar certos momentos e períodos da minha vida, mas depois lembro-me, que apesar de tudo, eu aprendi Muito com essas situações. *

    ResponderEliminar

Obrigada!