-->

Páginas

28 dezembro 2010

Não me apetece (e creio que a vocês também não)...

... espetar aqui com a versão ilustrada do que foi o meu Natal, ala dos presentes. Porque, como já tinha dito em jeito de futurologia, o meu Natal não são os presentes. Não recebi nada de que precisasse porque, na verdade, não preciso de nada. Recebi três coisas que queria e uma que me surpreendeu. Destas quatro coisas, duas foram compradas por mim, a outra já sabia que viria (embora mamãe ache que eu tenho 5 anos e insista em arranjar forma de me fazer surpresas) e a última foi mesmo, mesmo surpresa. E cheira-me que vai ser a mais bem aproveitada do ano (thanks, afilhadrinho!).

Para o meu aniversário (que dista um mês e pouco do dia de hoje), a "wishlist" é simples: pacotes de fraldas tamanho 3, cheques-farmácia (vem aí a época das vacinas a 70 euros) e cheques-pediatra (só no 1º mês dele serão duas consultas... glup!). Simples, não é?


3 comentários:

  1. Pois é, se te oferecerem isso tudo são prendas muito boas!! Quem é mãe ou pai percebe bem o que queres dizer:) bj!

    ResponderEliminar
  2. Eu também já comecei a responder á pergunta "do que é que precisas?" com "fraldas ou cheque farmácia", mas as pessoas ficam tao desiludidas.... so espero que nao me ofereçam kilos de brinquedos, porque é um desperdicio de dinheiro.

    ResponderEliminar
  3. Olá, realmente as coisas que fazem mesmo muito geito, são mesmo essas!
    Olha, do meu filho mais novo (8 meses) resolvi-me (e ainda bem que o fiz) pelas fraldas reutilizáveis, custa o investimento inicial, mas em muito pouco tempo, compensa e bem. Estou completamente rendida :)!
    bjs

    ResponderEliminar

Obrigada!