-->

Páginas

07 dezembro 2010

Sem palavras

A minha filha tem duas coisas que a caracterizam de caras: fala que se desunha e é a maior descoordenada motora que já vi.

No domingo, os três na cama, nos mimos da manhã. Eu e ele a falar sobre o que faríamos nesse dia. Ela lá achou que estávamos a discutir (não estávamos, estávamos a falar calmamente). Passa-se então o seguinte diálogo:

Ela: parem de discutir.
Eu: ó filha, nós não estamos a discutir, estamos a conversar.
Ela: pensava que estavam a discutir.
Eu: não, filha.
Ela: ah, já sei! Vocês estavam a falar assim puque têm muita pe'sonalidade!!

Eu e ele a rir, claro. Muita personalidade?? Onde é que ela vai buscar estas coisas?...


4 comentários:

  1. Eles apanham tudo e se acharem piada retêm. E o mais giro é que sabem sempre quando usar essas expressões.

    ResponderEliminar
  2. fabuloso! quando menos esperamos eles conseguem sair-se com umas pérolas dignas de registo...

    ResponderEliminar
  3. Lool não faço ideia mas tem uma piada brutal! Fofa!

    ResponderEliminar

Obrigada!