-->

Páginas

27 janeiro 2011

A nova rotina

Tenho a sorte de ter a minha mãe por perto. Tem vindo cá para casa todos os dias, ajudar-me. E tem sido uma ajuda preciosa. Além de ser uma excelente companhia, que é ainda mais importante.

As noites são vividas a espaços ainda pouco alinhados. Esta noite, por exemplo, foi de duas horas e meia em duas horas e meia. De manhã preciso de um bocado para recuperar e é aí que a minha mãe me ajuda mesmo.

Almoçamos as três. A pequena dorme. Eu durmo ou fico por aqui, a fazer qualquer coisa que precise de ser feita. Está a ser óptimo. Não ando esgotada, não ando angustiada. Estou a aproveitar os dias na melhor companhia do mundo: os meus filhos e a minha mãe. Só falta mesmo o marido para a coisa ser perfeita.


4 comentários:

  1. É assim mesmo que eu também me vejo a viver a minha primeira experiência de maternidade. Obrigada pela partilha! Muitas felicidades!

    ResponderEliminar
  2. Realemente é uma sorte não só ter uma mãe por perto como uma mãe que efectivamente ajude (porque as há que só atrapalham ou irritam). Beijinho às duas e obrigada por teres tirado tempo para nos dar noticias!

    ResponderEliminar
  3. Olha que bom!
    Assim parece tão tranquilo :)
    (Quando a I nasceu a minha sogra também vinha cá para casa ajudar, a diferença é que... para mim, não era a melhor companhia do mundo)
    Beijinhos e boa continuação

    ResponderEliminar

Obrigada!