-->

Páginas

23 fevereiro 2011

Amealhar

A mais velha tem três mealheiros: um cá em casa, um em casa da minha mãe e um na da minha sogra.
Hoje comprei um mealheiro para o mais novo, para estar em casa da minha mãe (já tem outro na casa da minha sogra, falta um cá em casa).

E comprei um mealheiro para nós. Tem imagens de Londres e, quando estiver cheio, vai levar-nos a qualquer lado. Diálogo com a minha filha:

- Mãe, para que é esse mealheiro?
- É para o pai e para a mãe. Quando estiver cheio vamos passear os dois.
- E eu e o mano?
- Vocês passeiam com o vosso dinheiro.
- Não pode ser. O nosso dinheiro é para estar no mealheiro sempre!

A miúda é uma super-gestora. Já percebeu o conceito de poupança e já o ultrapassou. Ela não é poupada, é fona! Sempre que estraga algum brinquedo nós dizemos que agora temos que tirar dinheiro do mealheiro dela para arranjar/substituir. E a sacaninha não deixa. Diz logo que não, que o dinheiro não pode sair dali e yadayadayada. Por mim, óptimo! Está no bom caminho!!


2 comentários:

Obrigada!