-->

Páginas

21 fevereiro 2011

Dias maus

Ontem, farta de fazer sempre as mesmas duas ou três sopas, procurei uma receita nova. Encontrei uma que me chamou a atenção e fi-la. Servi a minha filha. Cada colherada um vómito. Marido regressar à cozinha com o prato e informa que a cria não consegue comer. Ele provou e disse que estava intragável, que sabia a batatas podres, imagine-se! A sopa nem sequer leva batata! Passados uns segundos aparece-me a serigaita à porta da cozinha:

- Ó mãe, que sopa era aquela?? Aquilo é mau... (dito com cara de nojo).

Mais se informa que a sopa não é nada, mas nada má. Ok, não é daquelas óbvias de que toda a gente gosta, mas também não é nenhuma coisa intragável. Eu gostei muito! É de beterraba e cenoura. E estava boa, pá!


19 comentários:

  1. Beterraba?? Claro que só podia saber a podre!! ;)

    ResponderEliminar
  2. beterraba na sopa é esquezito. tenta com courgette. fica mesmo muito boa :)

    ResponderEliminar
  3. Há gente muito esquisita...! (onde eu me incluo, claramente, há que referir :P)

    ResponderEliminar
  4. Ganhou a maioria :)
    A sugestão da courgette também me parece mais apetecível do que a beterraba.

    ResponderEliminar
  5. Oh pá, tá bem. Farto-me de pôr courgette nas sopas. Desta vez segui a receita e aquilo mandava pôr beterraba... (e a sério que a sopa ficou boa!!)

    ResponderEliminar
  6. Deve ter ficado com uma bonita cor pelo menos! :)

    ResponderEliminar
  7. Vermelhíssima... da cenoura, da beterraba e do tomate!

    ResponderEliminar
  8. Para mim nada foi mau!! Sabes o que é que estou a almoçar...??

    Sopa... vermelha!! Nham!

    ResponderEliminar
  9. Ahahahaha, mas se tu gostaste... estás-te a queixar de barriga cheia, literalmente.

    ResponderEliminar
  10. Concordo com metade... estou de barriga cheia, mas não me estou a queixar!!

    ResponderEliminar
  11. Ups, desculpa, tinha lido mal o que tinhas escrito antes. Então para ti foi óptimo! :)

    Bons tempos em casa da mamã em que eu tinha quem me fizesse sopa todos os dias e ainda me queixava, agora se quiser sopa tenho de a fazer eu.

    ResponderEliminar
  12. Quando estava em casa da mamã queixava-me da sopa. Havia sempre sopa e que remédio tinha eu senão comê-la. Quando fui morar sozinha passei a gostar de sopa... Vá-se lá perceber...

    ResponderEliminar
  13. Exacto, comigo passou-se o mesmo.
    Tenho de arranjar uma Bimbi, faz umas sopas deliciosas, dá pouco trabalho e suja pouca tralha.

    ResponderEliminar
  14. Bingo!! Onde é que achas que faço as minhas??!!

    ResponderEliminar
  15. Já pensei nisso! como é que sabes que me vou casar?

    ResponderEliminar
  16. Ora, porque comentaste o post do Ricardo sobre as coisas que vocês foram fazendo mais ou menos ao mesmo tempo, e onde ele disse que ias casar!! (Eu dava para o FBI, pronto!)

    ResponderEliminar
  17. BLHAC....BETERRABA odeio o sabor da beterraba acho que é muito forte a mim sabe-me a terra. Talvez fosse isso o"intragável".

    ResponderEliminar

Obrigada!