-->

Páginas

11 março 2011

Não precisam de pedir

De vez em quando alguém pergunta se pode "roubar" um texto meu para pôr no respectivo blog. Não precisam de pedir. Eu sei que aqui só há malta séria que linka ou copia a coisa referindo a fonte. Enquanto for assim podem sempre levar daqui os textos que quiserem. E não precisam de pedir.

E já agora aproveito para agradecer mais uma vez a quem me lê. Há muito tempo, há pouco tempo, todos os dias ou uma vez quando o rei faz anos. Um blog faz-se de quem o escreve mas vive de quem o lê. E é por haver pessoas a lerem este (e os outros que alimento) que isto aqui tem muita vida! Obrigada!


11 comentários:

  1. e não precisas de agradecer ... é um prazer *

    ResponderEliminar
  2. A brincar, a brincar já "te leio" há uns 5 ou 6 anos!
    Já ri muito, já chorei também...
    E aprendi muito!! Tem sido um prazer!
    Bjs!

    ResponderEliminar
  3. É muito bom vir todos os dias aqui ler um texto novo! Obrigada!

    ResponderEliminar
  4. É um prazer ler o que escreves. Há pouca gente por esta blogosfera fora a escrever tão bem como tu:) bj

    ResponderEliminar
  5. Mesmo lendo"-te" diariamente, tenho tantas saudades tuas...

    Beijo grande babe

    ResponderEliminar
  6. Beijinho...eu desde que te encontrei nao quero perder nada!
    Obrigada pelos bons textos que nos propocionas!

    ResponderEliminar
  7. Bem eu só te leio à alguns meses e adoro :) é um prazer voltar aqui e ler-te. Em relação a pedir, antes assim, do que roubar descaradamente e nem referência por, como acontece com tantos e tantos que escrevem na blogosfera

    ResponderEliminar
  8. adoro. sou visita diária. e obrigada eu! :) *

    ResponderEliminar
  9. Obrigada eu que te leio e a cada dia que passa mais gosto. Confesso que tenho pena de ter descoberto a tua escrita à pouco tempo, mas agora não irei deixar. :)

    ResponderEliminar
  10. Blog de leitura diária e obrigatória, desde o dia que o conheci ;)

    ResponderEliminar

Obrigada!