-->

Páginas

20 abril 2011

Days go by

Os meus dias avançam mais depressa do que eu gostava. Tenho mesmo que comprar uma máquina de costura, para evitar as horas que gasto só para chegar a casa da minha mãe. Ando entretida a costurar. Já me entendo bem com aquilo: com a máquina, com os moldes e com a coisa que eu achava que não ia ser capaz de fazer logo que aprendesse a costurar: coser direito e não andar aos ésses. Pois que coso direito e não ando aos ésses. Daqui a dias vou comprar tecido para fazer um vestido para a miúda. Ela pediu e eu já me sinto capaz de o fazer.

Anda torcida, a miúda. Nós achámos que ela não ia acusar ciúmes do irmão e enganámo-nos. É um desafio constante, todos os dias a esticar a corda, todos os dias a pisar o risco. Vale-me a certeza de que é apenas uma fase, que há-de passar em breve.

Ele parece uma tartaruga, a esticar a cabeça sempre que me ouve. Conversa imenso, tem um sorriso lindo e é um bebé muito calminho mesmo. Dorme noites inteiras, come que nem um desalmado e está óptimo.

A mudança dele para o quarto deles não foi pacifica. Também não foi um desastre, mas podia ter sido mais simples. Ela não lida bem com o barulho e ele faz barulhinhos antes de adormecer. Ele tem um sono super leve e ela fala, canta, brinca já deitada na cama, antes de adormecer. O que faz com que tenhamos que os deitar um de cada vez. Ele só pode ir para a cama depois de ela estar a dormir ou nenhum dos dois dorme. E sim, ele faz amanhã 3 meses e já dorme no quarto deles (há duas semanas, na verdade). Ele já dormia a noite toda e eu não sou a favor de berços só porque sim. Sei - explicado pelo pediatra deles - que eles não sentem a mudança de quarto até cerca dos 5 meses. Daí em diante começam a ter uma maior noção de espaço e pode ser mais complicado. Já com ela foi igual: com dois meses já dormia no quarto dela e não lhe fez mal nenhum.

Andamos bem. Felizes e saudáveis, que é o que se quer.


3 comentários:

  1. Parece tudo optimo, como deveria ser. Gostava de experimentar a costura mas acho que seria um desastre lol!

    ResponderEliminar
  2. Apesar de ser filha única e não ter vivo essa experiência, sinto que a reacção da mais pequena é normal. Sobretudo, nestas idades. Com o tempo passa. E com o tempo vocês também vão sabendo gerir melhor a questão.

    Quanto às costuras, quero ver o resultado final das peças.

    Beijos!

    ResponderEliminar
  3. Foge, que sorte! O teu menino com 3 meses já dormir assim tão bem! O meu com 3 anos... ais as noites, desde que nasceu... nem quero falar! :S

    Quanto à tua menina, mais cedo ou mais tarde aprende a lidar de uma forma saudável com os próprios ciúmes dela em relação ao irmão... há que ter paciência... ainda se está a habituar a ter que partilhar o que dantes era só dela.

    E qto aos novos dotes, Parabéns! Queremos ver fotos das obras! :))

    Beijinhos e continuação de tudo de bom!

    ResponderEliminar

Obrigada!