-->

Páginas

02 maio 2011

24

9 anos de buscas incessantes. Muitos agentes mortos nos EUA, no Afeganistão, no Paquistão, na Arábia Saudita. Muitas pistas falsas.
Zero horas.
9 anos depois, um sobrinho de Bin Laden, entretanto capturado no norte do Paquistão, dá uma pista importante acerca da localização do terrorista mais procurado de sempre. Várias equipas de agentes secretos e soldados seguem a pista.
Duas e treze da manhã.
Encontram o esconderijo. Preparam uma emboscada. Três e vinte e sete. Parte da equipa é capturada pela segurança de Bin Laden. O líder da Al-Qaeda continua sem ser encontrado, embora se acredite que está naquela casa, completamente insuspeita na paisagem.

Seis e quarenta e nove. Jack Bauer chega, vindo do Afeganistão, onde estava há um ano, infiltrado. Com a ajuda de Chloe, a sempre fiel técnica informática, consegue entrar no bunker. Sete e quinze. Perdem a comunicação porque um dos satélites é violado. Jack Bauer, sozinho no ninho de víboras que acolhe Bin Laden. Entretanto ferido por um dos membros da segurança de Bin Laden (que liquida imediatamente), Bauer tenta encontrar o terrorista.

Onze e trinta e quatro. Numa sala escura, Bin Laden sentado no chão. Jack Bauer por trás dele, depois de ter morto os sete homens que estavam plantados à porta. Empunhando a arma com que já matara dezenas de malfeitores, Bauer aproxima-se de Bin Laden. Estão sozinhos naquela sala. Bin Laden está desarmado. Bauer surpreende-o. Bin Laden tenta reagir, Bauer incapacita-o. Treze e dezassete.

- You're done. From now on, it's liberty and justice for all.

E dispara, acertando na testa de Bin Laden, que cai para o lado, morto. Catorze e quarenta. Entretanto Chloe consegue recuperar o satélite e volta a comunicar com Bauer, que lhe pede que ligue de imediato a Obama. Chloe pergunta o que aconteceu, Bauer diz-lhe que não há tempo, ainda está dentro do bunker de Bin Laden e há discípulos dele por toda a casa. Chloe liga a Obama. Quinze e vinte e nove.

- Mr.President, Bin Laden is dead.
- When did this happen, Mr. Bauer?
- Just now, sir.
- Are you in safety?
- I'm not sure, sir. I'll get myself out of here. We need someone to come get his body.
- Are you alone there?
- No, sir. There are two tactical teams in the compound but I don't have visual contact with them.
- Do you have a way of getting them there?
- I can try.
- Do that, Jack. And thank you. You have sirved America and saved us from harm.
- You're welcome, Mr. President. It's been a pleasure.

Jack pede ajuda a Chloe para contactar as equipas tácticas. Dezassete e nove. Chloe contacta-as e consegue que dois agentes cheguem até ao bunker onde está Jack Bauer. Vinte e trinta e um. Os três conseguem retirar o corpo de Bin Laden. Onze e quarenta e cinco. Na saída norte, um helicóptero prepara-se para aterrar. Os agentes sobem com o corpo de Bin Laden e o helicóptero desaparece no horizonte. Zero horas.

[Que me desculpe a humanidade, mas, para mim, foi assim que Bin Laden morreu: às mãos de Jack Bauer, o meu personagem de acção preferido.]

6 comentários:

  1. Quase consegui ouvir aquele tiquetaquear metálico :)

    ResponderEliminar
  2. Quase ouvia o som do relógio... E como eu adoro o Jack Bauer, o homem é o maior (e que saudades do 24 :D)

    ResponderEliminar
  3. Que acção tão bem escrita! Muito bem!

    ResponderEliminar
  4. Andas a ver muitas series e ainda bem que me divirti c este relato ;)

    ResponderEliminar
  5. Muito giro! E bem mais interessante do que a versão original! Também adoro o Jack Bauer, para mim, é o Super-Homem da nossa geração!
    Beijinhos!

    ResponderEliminar

Obrigada!