-->

Páginas

21 junho 2011

Day one

Noite de merda, powered by uma filha que dá coices (dormiu connosco e não parou quieta um segundo... e cada vez que se mexe é de uma violência sem explicação) and by um filho que acorda de hora a hora a querer mimo.

Acordei às 7h. Arrumei tudo o que queria arrumar, preparei tudo. E fiquei a olhar para o relógio, a pensar que ainda era cedo para acordar os miúdos. Vai daí, sentei-me a costurar. Foram só 10 minutos mas souberam-me lindamente.

Acordei a miúda, tomámos o pequeno-almoço sentadas à mesa, com tudo direitinho e ela deliciada porque adora pequenos-almoços de hotel. Só esteve num hotel e já tem manias de finória. Fartou-se de engonhar, coisa que me atrasou 15 minutos, mas tudo bem. Acordei o miúdo, tratei dele e estávamos prontos para sair.

Deixei-os, fui para o escritório e nem dei pelo tempo passar. Soube-me bem voltar, fazer coisas de gente crescida, conversar com pessoas crescidas e, por um dia, não andar com as músicas do BabyTV a martelar-me a cabeça.

E não, não me custou voltar. Se tenho saudades deles? Claro. Mas essas mato-as já a seguir!

[E logo no primeiro dia sugeri que se mudasse o horário da empresa. Pedido aceite. De hoje em diante é das 9h30 às 18h, com 1 hora de almoço - bom, para mim, até janeiro, é das 9h30 às 16h, com uma hora de almoço.]


3 comentários:

  1. é das coisas de crescidos que eu tb tenho saudades! ainda bem que tudo correu bem ( se não pensarmos na noite, claro!)

    ResponderEliminar
  2. A mim também me soube bem regressar ao trabalho e já dediquei um post a este assunto. Quanto às músicas do baby Tv continuam na cabeça... Ainda ontem o meu marido trauteva o "faço anos, hoje estou tão feliz" e quando nos apercebemos rimos e ele comentou que em tempos cantava umas músicas mais na moda!

    ResponderEliminar

Obrigada!