-->

Páginas

20 junho 2011

Do Fernando Nobre

O Fernando Nobre faz-me lembrar aqueles teenagers a quem os pais, numa de os deixar contentinhos, lhes foram dizendo que eles cantam muito bem, mesmo não cantando eles um caraças. Depois, como os pais os incentivaram, enfiam-se em tudo o que é casting para programas de talentos na TV, são chumbados em todos, mas nunca desistem e vão a todos e mais algum. Depois acabam invariavelmente na galeria dos "cromos" mas nem isso os faz desistir.

O Fernando Nobre primeiro gostava do Bloco. Depois tentou o tacho da Presidência da República. Agora está ali feito maluquinho a ver se papa o tacho de Presidente da Assembleia da República... Se não for desta (vai ser, que ele vence-os pelo cansaço*) o tipo acabará por arranjar outra coisa qualquer a que se candidatar. Vai continuar a desafinar nos castings, vai continuar a ser mandado embora, mas vai continuar a insistir, ad nauseum.

[Gajinho mais chato, pá...!]

*Olha, afinal na segunda volta ainda teve menos votos que na primeira... 105 e 106, respectivamente... Será que o Passos Coelho não tem outra lebre para tirar da cartola???


5 comentários:

  1. Eu não costumo 'dar para o peditório' da política. Vou sabendo umas coisas, embora não seja tema que me interesse muito, mas também já estou farta do homem!! E eu que no princípio quando apareceu no MEP até achei que 'sim senhor, participação civil na política', afinal é uma grande 'pain in the neck!!'
    Já ganhava vergonha, não?

    ResponderEliminar
  2. Fiquei rendido. Agora sacava o outro o Coelho (o madeirense), entre palhaços mais vale o Piririca.

    ResponderEliminar
  3. Querida Marianne, belo post!
    É que parece tal e qual os miúdos que se convencem que têm jeito e vai-se a ver... zero!
    Eu que ao princípio até lhe dava algum crédito, agora dou-lhe... zero!
    Sempre quero ver as cenas dos próximos capítulos...

    ResponderEliminar
  4. Como eu amei este post!!ahahahah disse tudo! :)

    http://miminhoscom.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  5. Foi um bocadinho escusado. Se tivessem apresentado logo um candidato a sério poupavam esta vergonha.

    ResponderEliminar

Obrigada!