-->

Páginas

02 setembro 2011

Mudar rotinas

A nossa vida vai-se moldando à medida que vamos alterando algumas coisas. Parece confuso, mas nem por isso. Olhando para a minha vida hoje e há 5 anos, a diferença é abismal. E é natural que assim seja. Afinal de contas, há 5 anos era só eu, agora somos 4 pessoas. Bem, adiante.

Com esta coisa de vir de transportes tive que fazer algumas adaptações ao dia-a-dia. Não me posso deitar às 3h, como acontecia antes. Portanto, costuras só até à meia noite (máximo) e durante o fim de semana. Tenho as ementas semanais feitas (anteontem fiz a da semana que vem, no comboio, a folhear uma revista da Bimby, portanto não tenho que me preocupar com isso nos próximos dias). De manhã tenho o cuidado de deixar a descongelar o que quer que seja que vá ser usado para fazer o jantar. Quando chego, é só tratar do jantar (enquanto o marido trata dos miúdos), pôr a mesa e jantar. Temos conseguido acabar de jantar por volta das 21h, 21h15. E, enquanto um de nós desespera com a miúda em sucessivos "come... miúda, come... come...", o outro tira a mesa e põe a loiça na máquina. Por volta das 21h45 estamos prontos a sair dali. Ele deita-se logo, assim que pomos os miúdos na cama. Eu aproveito para preparar o dia seguinte: ponho a mesa do pequeno-almoço, preparo roupas, mochila e o que vou levar para o trabalho no dia seguinte. Depois, ou costuro um bocado, ou vou tomar um duche e deitar-me. Não aguento mesmo andar a dormir cinco horas por noite, por isso tenho tentado deitar-me mais cedo.

De manhã, acordo uma hora antes de ter que sair de casa. Trato de mim, acordo a miúda, trato dela, tomamos o pequeno-almoço sentadas, acordamos o mais novo e saímos de casa. Deixo-a na escola, deixo o miúdo na avó e volto atrás para a estação. Apanho o comboio às 8h29 (mas quero passar a apanhar o das 8h19) e às 9h30 estou no trabalho. Entretanto já li um bom bocado, já actualizei a minha agenda (Rita, nem que eu viva 100 anos vou conseguir agradecer-te isto como deve ser!!), já anotei mentalmente o que espero do meu dia, já me espantei com os modelitos pavorosos que se vêem no comboio e já me preparei para o dia de trabalho.

Depois, ao fim do dia, volta tudo ao mesmo. E sinto que assim, sim, estou organizada. Não ando à nora, não ando ao sabor do vento. Tenho mão na minha vida e isto, para uma mãe-de-dois, parecendo que não, é fundamental.

8 comentários:

  1. Queria Marianne,

    Este comentário não tem nada aver com o post em si, só achei muita graça como as coisas vêm ter até nós quando as pedimos.

    Já tinhas falado aqui da Rita e eu fui dar uma espreitadela. Fiquei interessada no GTD que ela falava mas como na altura não tinha tempo, deixei para mais tarde. Normalmente quando vejo algo que me interessa tomo nota do nome ou adiciono logo numa pasta para ver com tempo mais tarde. Não sigo o blog da Rita e desta vez não o adicionei de maneira que, perdi-o. Como acontece tantas vezes com esta história dos links na internet, em que vamos saltando de umas páginas para as outras esquecendo-nos de onde foi o inicio, esqueci-me do blogue dela e de onde é que tinha arranjado o blogue dela (no teu). Um desastre! Como é que havia de recuperar aquela informação? Pensava eu... Bem, aqui. Outra vez :)

    Obrigada por postar de novo. A mim deu-me um jeitão porque nem por sombras voltaria os teus posts atrás no intuito de saber se tinha sido aqui...

    Beijinho e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  2. Isso é que é ser organizada. Parabéns!

    ResponderEliminar
  3. Gostei deste post, sobretudo por termos rotinas tão diferentes (ainda sou apenas 1) e tão parecidas em alguns aspectos. Bom FDS!

    ResponderEliminar
  4. Eu quando era estudante universitária muitas vezes dormia até à hora de almoço (e baldava-me às aulas, claro). Agora, acordo muitas vezes às 6 da manhã para ter tempo para mim (e só vou para o trabalho por volta das 9 - sou um bocadinho maluca, bem sei)... As rotinas mudam, adaptam-se à vida e, no meu caso, acho que tenho mudado sempre para melhor! Isso é que é importante! Quanto aos modelitos pavorosos - estive ontem em Lisboa, andei de metro e de comboio, e confirmo! Mas aqui em Faro também se vê com cada coisa!...

    ResponderEliminar
  5. Marianne, fiz um post ENORME sobre a agenda GTD e outros seguir-se-ão... tudo por tua culpa! bj ;)

    ResponderEliminar
  6. Marianne, OBRIGADA por nos teres apresentado a Rita! Realmente ela e as suas dicas são fantásticas!
    Agradeço a vocês as duas tantas dicas valiosas de como organizar a minha vida!
    Espero brevemente ter novidades relativamente a isso!
    Beijinhos às duas e muito, muito obrigada!

    ResponderEliminar
  7. Gostei de ler o post.
    Acho importante a a organizaçao, não quer dizer que sejamos mesquinhas, quer dizer que nos importamos connosco e com quem nos é proximo de forma a planear o dia a facilitar a vida a todos :)

    ResponderEliminar
  8. Outra coisa.
    Obrigado por nos apresentares a Rita, não conhecia. Estou... de boca aberta. Adorei, amei, tudo. Que jeito me vai dar

    ResponderEliminar

Obrigada!