-->

Páginas

03 setembro 2011

O porquê de planear

Há uma coisa que eu nunca fui, não sou e dificilmente virei a ser: escrava da minha casa. Não sou mesmo! Não me passa pela cabeça recusar um almoço em casa dos meus pais/sogros porque tenho que limpar. Não me passa pela cabeça obrigar os miúdos a fins-de-semana de clausura porque tenho que limpar. Por isso, acontece não limpar tudo ao fim-de-semana.

É por isto que planeio o meu dia-a-dia: para ter tempo para as coisas de que gosto. Quanto mais automatizada estiver a minha rotina, menos tempo tenho que gastar com as coisas que não gosto de fazer. E god knows o quanto eu odeio limpar a casa!!

Portanto, para mim, isto não é uma obsessão. Longe disso. É apenas e só uma ferramenta para me poupar trabalho. E eu sou por tudo o que poupe trabalho... (ou não fosse eu freguesa da Preguiça enquanto pecado capital...!).


3 comentários:

  1. tento que a minha esteja, pelo menos, apresentável!!!!

    http://euseilaseila.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  2. um óptimo principio. além disso se esse pequeno esforço for diário, estará tudo relativamente apresentável e não seremos nunca escravos da nossa casa.

    ResponderEliminar
  3. Acho que fazes muito bem! Custa-me tanto ver pessoas a passar ao lado das coisas boas da vida porque são escravas da casa!!

    ResponderEliminar

Obrigada!