-->

Páginas

13 outubro 2011

É o que há

Atentem neste vídeo.



Isto é confrangedor. É decadente. E o pior é que espelha uma grande fatia da população (da idade desta miúda). Acho inacreditável alguém responder a uma pergunta simples com uma atrocidade destas. Que não soubesse com que países faz fronteira o Burundi ainda vá. Que não soubesse que há um país chamado Burundi ainda escapava (e quem diz Burundi diz Vanuatu ou Turquemenistão). Agora achar que África é um país e que esse país fica na América do Sul... é um bocadinho demais para mim.

Não sei o que me espera na pele dos filhos que tenho. Mas sei que me esforço por lhes dar mundo, por lhes ensinar coisas, por lhes aguçar a curiosidade. Não sei o que é que os pais desta gente andaram uma vida inteira a fazer. Ultrapassa-me. Mas, no fundo, tenho é pena de haver gente assim, ignorante e orgulhosa, sem brio e absolutamente oca.

12 comentários:

  1. Duvido que isto não seja escrito... Duvido mesmo.

    ResponderEliminar
  2. Curioso é que até o Gabriel com 4 anos já sabe que Africa é um continente (mas vá a educadora trabalhou o tema do mundo no ano passado, a moça não teve essa sorte).

    ResponderEliminar
  3. Não acredito que isto seja verdade. Não pode ser verdade. Ninguém é assim tão oco! Nem aquelas da bela e o mestre eram assim tão básicas. Isto é pior que básico, isto é impossível! Acho mesmo que eles têm um guião para seguir. Que piada tinha para os telespectadores se ela tivesse dito todos os países da América do Sul certinhos?? As audiências baixavam... O pessoal gosta é de ver barbaridades destas na televisão...

    ResponderEliminar
  4. Eu achei especialmente incrível que a primeira resposta tenha sido um automático: "Nâo faço a mínima ideia".
    Vá lá, ao menos a rapariga sabe inquestionavelmente que não sabe nada.

    ResponderEliminar
  5. E infelizmente ela representa uma larga fatia de muito boa gente no nosso país. Eu própria, nos meus tempos de estudante, ouvi tanta barbaridade por parte de colegas que me cheguei a questionar como é que aquelas pessoas tinham conseguido entrar na universidade. Se nem escrever sabem, quanto mais dizer de cor países da América do Sul.

    ResponderEliminar
  6. É disto que o meu povo gosta (ver para gozar...enquanto observam a vida alheia não pensam nos seus próprios problemas, nem no orçamento de estado!) Infelizmente existem pessoas assim...falta de formação por parte dos pais e dos professores! Desde que ando na Blogosfera tenho-me espantado com a quantidade de erros que se dá por aqui! Como é possível uma pessoa que não sabe escrever correctamente vá passando de ano? Mais cedo ou mais tarde isto repercute-se na sua vida! Se essa pessoa é corrigida por alguém, ainda goza com a situação dizendo em tom jocoso: "Sim, sra. professora...!" e continua a cometer os mesmos erros!
    Enfim...a nossa juventude está cada vez a ficar mais inculta e coisas como o sms's, facebook's, "morangos com açúcar" e afins não vieram ajudar em nada!

    ResponderEliminar
  7. Eu estava a ver em direto, no canal 12 da MEO, quando ela deu essa resposta. Não queria acreditar e de início achei que ela estava no gozo. Nem todos sabemos as mesmas coisas, mas aquilo é do mais básico que existe. Enfim. Também não sei o que me espera dos meus filhos, mas no que depender de mim, minimamente não irão para a TV fazer estas figuras.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Pois... é daquelas situações em que não sei se ria se chore... é mau demais...

    ResponderEliminar
  9. Ainda pensei que fosse fingimento: que uma falta de conhecimento tão grande deveria ser impossível. É triste, é revoltante. Até fico sem palavras

    ResponderEliminar
  10. Não metamos as culpas nos pais destas pessoas,que certamente trabalharam uma vida inteira para poder sustentar filhos que tanto amam... A rapariga pode ser apelidada de ignorante, mas mais o é quem se dá ao trabalho de ver este tipo de programas...

    ResponderEliminar
  11. eu tenho uma amiga assim... e é licenciada. Um susto. Óptima pessoa, óptima amiga mas conversas inteligentes não dá. Se lhe perguntares o nome do primeiro ministro não sabe. E outras do género. Imaginem os maiores disparates. Ela não sabe.

    ResponderEliminar

Obrigada!