-->

Páginas

25 outubro 2011

Pontos de vista

Acho graça.
Aplaudes alguma coisa, és graxista, wannabe, não tens personalidade.
Criticas alguma coisa (principalmente se a dita coisa tiver uma horda de carneirinhos em filinha indiana, a segui-la sem olhar para mais nada) e tens inveja.

Não podes simplesmente criticar porque tens espinha dorsal, ideias próprias e uma opinião que, imagine-se, é oposta à opinião da maioria. Não podes simplesmente criticar porque não concordas, porque não gostas, porque não atinas com aquilo. Não. Se criticas é porque tens inveja. Está certo...

[Como se criticar algo que se inveja fosse uma atitude inteligente... Oh, well...]

10 comentários:

  1. É o pão nosso de cada dia, principalmente aqui pela blogosfera. Os argumentos são sempre os mesmos: inveja ou falta de vida própria. Servem para tudo.

    ResponderEliminar
  2. Ainda se o alvo da critica fosse digno de inveja...
    Dizerem-te que tens inveja é o mais fácil, porque não têm que pensar em nenhum argumento. Não gostas, és invejosa, pronto. Arrumam logo aí o assunto, porque pensar dá muito trabalho. A questão é que talvez se dê demasiada atenção a quem não a devia ter porque nada de relevante fez para a merecer, e aí a culpa já é de todos: dos carneirinhos e de quem mesmo indirectamente acaba por promover essas referidas pessoas, mesmo falando mal ou criticando determinada postura. Com popularidade sem substância, já se sabe que "falem bem, falem mal, o que interessa é que falem"...

    ResponderEliminar
  3. as pessoas que têm ideias próprias raramente são bem vistas. O que é bem visto é ser carneiro.
    Cada um tem direito à sua opinião, indepentemente de esta estar de acordo com a da maioria :)

    ResponderEliminar
  4. Já fui por duas vezes insultada por dar uma opinião em blogues da moda bem contrária à da pessoa que escreve. Exprimi-me com educação e não tardou a vir gente com essa da inveja. Primeiro era porque tinha inveja porque não ia a festas de famosos!!! Depois era porque tinha inveja de não ser conhecida!!!

    E depois eu tenho o grande defeito de responder. Só que é aquela coisa do discutir com um parvalhão: ganha-nos em experiência! Agora estou em processo de cura e tento a todo o custo não comentar esses blogues pois já sei que a carneirada vem para cima de mim, se for contra a maré. Mas às vezes mordo-me toda porque vejo cada barbaridade! Só que não vale a pena aturar gente assim. Não vale mesmo.

    ResponderEliminar
  5. Acho que nunca comentei cá apesar de ler o blog diariamente...

    Apenas me apetece dizer "Bravo! Não diria melhor!"

    Tem uma boa semana ;)

    ResponderEliminar
  6. Marianne, andas nisto há tantos anos e ainda te surpreendes com estas coisas?
    Bjs

    ResponderEliminar
  7. Não imaginas o quanto me identifico com este teu post! bj

    ResponderEliminar
  8. Hoje comentei a primeira vez só para dizer: Não ligues... ;)

    Os cães ladram e a caravana passa.

    Adoro seguir-te, estou apaixonada pelas coisas que fazes! Eheh.
    Beijinhos

    ResponderEliminar

Obrigada!