-->

Páginas

01 dezembro 2011

4 anos (4)

Há 4 anos era sábado. Passei o dia em casa dos meus pais, sem planos. Devo ter visto um filme qualquer, devo ter estado na net um bocado. O plano para a noite era fazer uma lasanha e jntar tranquilamente.

Às 19h, numa ida à casa de banho, o processo iniciou. Estavas a chegar. Fiquei num misto de alegria, medo e incerteza. Não sabia o que me esperava, mas sabia que dali a algumas horas te teria nos braços.

Fui fazer a lasanha e jantar calmamente (sabia lá eu a que horas é que ia comer depois de entrar no hospital! Achei melhor jogar pelo seguro...). Depois, antes de sair de casa, iniciei no blog o meu ritual "ritual de vou ali ter um filho e já volto"...



Percebi que já não nascerias no feriado (a não ser que o processo fosse mesmo muito rápido, cinco horas parecia-me irreal). Há 4 anos, vivi o meu último dia sozinha. Depois apareceste tu para encher a minha vida.

4 comentários:

  1. :)

    Mais uma vez, que texto lindo. 4 anos depois, desejo-vos as maiores felicidades. É fácil ser feliz quando se tem um coração assim tão cheio. Parabéns!

    ResponderEliminar
  2. Gostei da perspectiva de não saberes o que iria acontecer mas saberes que a terias nos braços. :) Afinal é só isso que interessa, certo?

    ResponderEliminar
  3. estou a adorar estas crónicas do nascimento da tua princesa :)

    ResponderEliminar
  4. Eu comi um bacalhau com natas:-) E ajudou-me porque depois aquelas horas todas de esforço em jejum... meu deus!

    ResponderEliminar

Obrigada!