-->

Páginas

02 dezembro 2011

4 anos

(6h11)

4 anos separam-nos daquele momento em que, acabada de sair de mim, te puseram no meu colo, com os pés virados para mim. Foi a primeira vez que te toquei, ainda branca e por limpar, e te disse Olá, filha. Choraste, claro. Não te achei bonita (os bebés acabados de parir não são bonitos, apesar das versões romanceadas de algumas mães que insistem na teoria). A tua avó, minha parceira de "cela" naquele dia, só chorava e dizia que tu eras perfeitinha. Eu ainda fiquei duas horas a ser alvo de bordados intensos. E fui olhando para ti. Fui pensando em tudo o que tinha para te dizer, em tudo o que queria fazer contigo, em tudo o que te queria ensinar. Fui pensando na tua história de vida (sim, acabada de nascer e já com tanto chão caminhado...). Fui pensando que nada podia ser melhor do que aquilo. Tu eras o meu sonho realizado. A minha menina. Pensei em tudo o que teríamos pela frente e soube que só podia ser assim. Tu estavas destinada a ser minha. E foste minha ali, por umas horas.

Hoje já não és minha. És do mundo. Tens 4 anos e pareces mais velha. Tens conversas de gente crescida e entendes coisas que alguns miúdos de 4 anos não entendem. Fazes birras que me levam ao desespero mas dás os melhores beijos do mundo. És uma super-companheira. Posso levar-te a qualquer lado "de crescidos" (dentro dos limites do razoável, obviamente) que sei que tu aproveitas bem o tempo. Pedes-me passeios, pedes-me histórias, pedes que te ensine a escrever. Faço isso tudo. E mimo-te. És a minha metade perfeita.

O pai é O PAI. Aquele que te ama acima de qualquer coisa. Acima dele, acima de mim, acima do mundo. É o teu companheiro de amendoins e tremoços, o professor de patinagem e de bicicleta (embora ainda não saibas patinar nem andar de bicicleta). E eu amo ver a relação que vocês têm, o amor que vos mantém trancados um ao outro. E espero que dure sempre, mesmo depois dos embates que havemos de ter na vida.

És a nossa menina. E tens 4 anos. Sei que és feliz. E, para mim, isso é o que basta...

19 comentários:

  1. Estava só à espera deste post para finalmente te dar os PARABÉNS!
    É sem dúvida único, o sentimento de mãe e ultrapassa todos os outros amores!
    Parabéns para ti pequenina, que completas 4 aninhos!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Parabéns à cachopa :) tenho para mim que ela também é assim por ter os pais que tem!

    Um beijinho*

    ResponderEliminar
  3. Muitos parabéns, a ela pelos 4 aninhos e a ti pela Mãe maravilhosa que és, pela forma como o fazes transparecer nas tuas palavras e me faz não ter qualquer dúvida que sim, que ela é muito feliz!

    Beijinho

    ResponderEliminar
  4. Marianne, tu vê lá se páras de escrever estas coisas que me deixam com lágrimas nos olhos!... Eu a trabalhar e a lágrima a cair, olha o mau aspecto...
    Não, agora a sério, muitos parabéns para as duas, para o pai e para o mano!

    ResponderEliminar
  5. Muitos parabéns pelos quatro anos tão bem nascidos e vividos!

    ResponderEliminar
  6. Parabéns à tua filha e claro a ti :) Porque muito do que ela é deve-se aos pais que tem :)

    ResponderEliminar
  7. Estou apaixonada por estes textos sobre os 4 anos da tua filhota:) bj

    ResponderEliminar
  8. Que texto lindo, Lénia! Muitos Parabéns, à tua princezinha e a ti. :)

    ResponderEliminar
  9. Muitos parabéns! Estes textos dos 4 anos, deixaram-me emocionada e este trouxe-me mesmo lágrimas aos olhos...
    Porque me lembro de "viver" estes momentos live lá noutro cantinho e porque é maravilhoso ver como és tão mais feliz agora do q há 4 anos atrás!
    Que este amor continue em crescendo, sempre!

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  10. O orgulho que ela há-de ter e o torvelinho de sentimentos que se seguirá quando conseguir ler e perceber o amor que estas linhas respiram.

    Parabéns a vocês!

    ResponderEliminar
  11. Então muitos parabéns a ti e à tua filha. Que ela seja sempre assim, feliz, vossa e do mundo :)

    ResponderEliminar
  12. Feliz aniversário, pequena L! E parabéns também à mãe, um dia feliz para toda a família!

    ResponderEliminar
  13. parabéns para os 4, mas estou com a Rita: isso de nos deixar de lágrimas nos olhos não pode ser!! ;)

    ResponderEliminar
  14. Marianne,

    E tu és uma grande mãe e uma grande mulher.
    Não te digo mais nada porque não é preciso.
    Não me canso de dizer que te admiro.
    TANTO.
    Parabéns, por tudo!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  15. Muitos Parabéns Marianne, para si e para a sua menina ;) Um grande beijinho

    ResponderEliminar
  16. ola=)

    parabens!!

    eh a maior e melhor experiencia da vida de uma mulher!!

    beijinhos!

    ResponderEliminar
  17. I Concurso Online de Escrita!

    As primeiras Fichas de Inscrição já foram distribuídas MAS ainda há vagas...

    FALTA 1 MÊS!!!

    Concorre também. Boa sorte...

    http://escrita-online.blogspot.com
    c.escrita.online@gmail.com

    Divulga esta iniciativa

    ResponderEliminar
  18. Parabéns (atrasados, eu sei) pelos 4 aninhos da princesa. Sem dúvida, 4 anos maravilhosos. Não fosse o sentimento de mãe o melhor do mundo! E com essa tua maneira de escrever puseste-me com a lágrima no canto do olho... gostei muito :')*

    Sara Mendes
    (saramcmendes@sapo.pt)

    ResponderEliminar

Obrigada!