-->

Páginas

30 janeiro 2012

Amanhã

Mister marido celebra 33 anos. E Mrs. Esposa está aqui dividida quanto ao bolo que há-de fazer... (e a verdade é que não me apetece fazer bolo nenhum. Não por culpa dele, obviamente. Mas por culpa dos tempos, que andam complicados e que me andam a fazer repensar muita coisa...)

Adenda: este post não tem rigorosamente nada a ver com o nosso casamento (que está de ótima saúde, vivo e pleno como sempre foi).

8 comentários:

  1. É nas alturas mais dificeis que temos que saber dar provas e ganhar forças para demonstrar que continua a valer a pena.

    ResponderEliminar
  2. Faz um bolo simples, tapa-o com natas e salpica-o de pintarolas. É o que faço sempre á minha mãe e saco-lhe sempre uma gargalhada. Barato e divertido. Vá, não deixes passar a data em branco.

    ResponderEliminar
  3. Olha, eu tb fiz um bolo agora pelo aniversário do meu pai. Um simples bolo mármore foi do agrado de todos!

    ResponderEliminar
  4. Tás a falar do aniversário do teu marido???
    Tás com dúvidas se fazes um bolo, por causa da creise e tal???

    Era só para saber...

    Já não há esposas como antigamente...

    ResponderEliminar
  5. É, é isso mesmo, Pai Natal.

    (Fogo, foi preciso aparecer o Pai Natal para se perceber)

    Como é óbvio, não, não tem nada a ver com a crise. Tem a ver com uma crise de valores, se quiseres.

    (Pai Natal... seriously???)

    ResponderEliminar
  6. Crise de valores??? Quando se trata (imagino) duma das pessoas mais importantes da tua vida??? Não dá para amar com reticências ou paninhos quentes. Por aqueles que nos são queridos nós entregamo-nos de corpo e alma. De forma arrebatadora. Faz lá o melhor bolo que conseguires para o teu marido e não fiques por aí dá-lhe um abraço do tamanho... olha da crise, ou do buraco financeiro da Madeira (parece-me suficientemente grande)...

    Haverá pior sensação que a de termos perdido uma oportunidade de demonstarmos o afecto que temos pelos nossos???

    Carpe Diem!!!

    PS: Vou ponderar a hipotese de não te dar presentes no próximo Natal, a menos que comeces a portar-te bem...

    ;) Sáude, harmonia familiar e trabalho, são os votos do Pai natal para Ti. E já agora sorri!

    ResponderEliminar
  7. Se calhar é por isto que eu não falo (muito) da relação que tenho com o meu marido... Se falasse, este teu comentário não teria existido. Se soubesses a forma como nos tratamos, como cuidamos um do outro, não terias dito nada.

    E, a propósito, cá em casa quem opera maravilhas no Natal é o Menino Jesus. O Pai Natal só serve para efeitos comerciais. Até a miúda já sabe que o Pai Natal não existe... ;)

    ResponderEliminar

Obrigada!