-->

Páginas

12 janeiro 2012

As estranhas compensações do Universo

O universo tem uma estranha forma de compensar as coisas que vão acontecendo.

Depois da minha felicidade (que se mantém) com o assunto de segunda-feira, eis senão quando nos dão uma coisinha má...

Ontem o senhor marido foi pôr o nosso carro na oficina, para verem lá uma cenazinha que ele tem. A dita cenazinha não podia ser vista lá, nos elevadores, porque só se sente a andar com o carro. Um dos mecânicos levou o carro para casa. A meio do caminho parou num ATM. Quando estava a voltar para o carro (para o NOSSO carro, portanto), foi cercado por três homens, que o agrediram e lhe pediram a chave do carro. O nosso carro desapareceu. Eventualmente, há-de aparecer daqui a dias, depois de servir para fazer uns quantos assaltos. Ou não, nem sei.

Sei que passámos a noite em claro. Sei que me sinto violentada. E sei que o senhor marido está ainda pior.

[Do mal, o menos: não era o marido que estava lá dentro... se fosse, a coisa não se dava, pelo menos no sítio onde aconteceu, porque ele nunca vai para lá...]

37 comentários:

  1. Desculpa a pergunta mas, será verdade? Confiam no mecânico? Acho que devem pensar em todas as hipóteses...

    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  2. Não sei... não faço ideia. A oficina é a mesma há uns 40 anos (é a oficina onde o meu sogro arranja os carros todos), nada nos leva a questionar a idoneidade... mas... sabe-se lá.

    ResponderEliminar
  3. Ah! Então se é assim... Podia ser alguém que não conheciam bem e, nos dias de hoje, nunca se sabe. Olha, sinto muito. Estas coisas são uma chatice. Mas é como dizes: por um lado, ainda bem que não foi com o teu marido.

    Beijinhos!


    P.S. Espero que esteja tudo bem. Pelo post anterior percebi que vamos ter novidades para breve! :D

    ResponderEliminar
  4. Bolas, que situação violenta mas assim, ainda bem que não foi vivida directamente por nenhum dos dois.

    ResponderEliminar
  5. Que horror! Ao menos que a oficina tenha seguros para este tipo de coisas.

    ResponderEliminar
  6. compreendo a tua sensação de invasão. mas pensa que não foi o teu marido foi o carro. e ele vai aparecer. ele há coisas...
    ***

    ResponderEliminar
  7. O meu primeiro pensamento, também foi de: Será verdade?
    É que é uma coisa tão parva (e qual a probabilidade?) de acontecer que somos levados a questioná-la!
    Seja como for, é como dizem, ainda bem que não foram vocês dentro do carro.
    Se o carro aparecer...leva-o de novo ao mecânico, mas que não te leve €, lol.
    Coitado também do senhor...faço ideia o medo dele a contar-vos o acontecido!

    ResponderEliminar
  8. Ele nem nos contou. Foi direto para a PSP, que era perto. Ligaram-nos da esquadra a dar conhecimento...

    ResponderEliminar
  9. Que coisa mais estranha! Fogo... Espero que tudo se resolva da melhor forma.

    ResponderEliminar
  10. Olha que como isto anda, nada mais corriqueiro, infelizmente! Desejo que a situação se resolva rapidamente e bem.

    ResponderEliminar
  11. Que grande chatice! desejo que apenas tenham ido dar umas voltas com o carro e que apareça em breve sem estragos!

    ResponderEliminar
  12. Porra (palavra feia, mas apropriada!)...

    que corra tudo bem e esperemos que apareça. Mas o mecánico tem seguro para estes casos certo? Ou pelo menos o dono da oficina!

    Boa sorte, Marianne.

    ResponderEliminar
  13. Xiça, há com cada uma. Espero que tudo se resolva pelo melhor!

    ResponderEliminar
  14. E accionar o seguro da oficina, não? Para todos os efeitos o homem estava a trabalho! (se estiver). Vocês devem estar destroçados, credo !

    ResponderEliminar
  15. Bolas, isto está a ferro e fogo! Espero que recuperem o carro o mais rapidamente possível (e de preferência inteiro!)

    Pipinha

    ResponderEliminar
  16. Ai que horror, imagina se fosse o marido. Canalhas!

    ResponderEliminar
  17. Bolas mas que grande chatice! espero que consigam resolver tudo!

    ResponderEliminar
  18. Espero que a oficina tenha seguro...
    Boa sorte!
    ;)

    ResponderEliminar
  19. Por acaso deu nas notícias que houve um "carjacking", em Loures (foi aqui, no caso do teu?), e eram 3 marmanjos... seria o teu??
    Espero que se resolva rápido!
    Beijocas

    ResponderEliminar
  20. Foi... mas não vi as notícias. Deu em que canal?

    ResponderEliminar
  21. Desculpa, o correto era ter escrito "li nas notícias"... foi no JN: http://www.jn.pt/paginainicial/interior.aspx?content_id=2235512

    ResponderEliminar
  22. C'horror!
    Espero que corra tudo pelo melhor.
    Bjs

    ResponderEliminar
  23. hummm... o meu primeiro pensamento tbm foi esse... será verdade?
    bjs e espero q acabe tudo bem...

    www.purezamellobreyner.wordpress.com

    ResponderEliminar
  24. Que horror, espero que isto se resolva rápido!!

    ResponderEliminar
  25. Espero que tudo acabe bem..
    Um beijinho!

    ResponderEliminar
  26. Oh :( Espero que tudo se resolva rapidinho e bem :/ E, já agora, ainda que a despropósito neste tópico, parabéns pelo motivo de felicidade!

    ResponderEliminar
  27. Opá, ninguém merece isso. É estar no sitio errado há hora errada. É tudo. beijinhos, vai acabar em bem :)

    ResponderEliminar
  28. Que grande cena! Imagino a vossa angústia. :(
    Mas olha, vão-se os anéis, ficam os dedos. Do mal o menos que não foi com o teu marido e que o mecânico também está bem.
    O carro há-de aparecer, e para todos os efeitos a oficina deverá ter seguro para cobrir qualquer dano que possa haver.Força aí.

    ResponderEliminar
  29. Ontem nem consegui vir aqui comentar. Só posso imaginar o stress e essa sensação de violação.
    Espero que haja um desfecho feliz para esta história, pelo menos estão todos com saúde e inteiros, valha isso...

    ResponderEliminar
  30. A nós também já nos aconteceu o mesmo, por isso sei infelizmente o que estás a sentir, mas no nosso caso foi com o meu marido...levaram o carro e apareceu 15 dias depois, sabemos que foi utilizado num assalto e que andaram com ele a fazer raly e pouco mais, pois a PJ também não adiantou muito...sinceramente preferia que o carro não tivesse aparecido, pois com o seguro poderíamos ter outro novo, de qq maneira é horrível e depois a sensação que tive quando me sentei pela primeira vez nele quando apareceu foi que já não me pertencia.....

    Espero que tudo corra pelo melhor!!!!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  31. Coitado do Sr. E espero que recuperes tudo o quanto antes e em condições (ou que o seguro não fuja com o rabo à seringa). A parte boa? Tens aí um belo filme de acção para contar nos proximos jantares de amigos, e noticiado e tudo!

    ResponderEliminar
  32. Eu também li por aí em tudo o que é jornal. A felicidade de não ter sido o marido atacado é muita mas também sei que quando nos roubam o mais pequeno objecto que seja é uma sensação de violação inexplicável. Espero que no meio de tudo consigam lidar com os prejuízos e possam esquecer o mais rápido possível que isso aconteceu. Muita força :)

    Um beijinho

    ResponderEliminar
  33. Já há novidades ? Espero que já se tenham recomposto ... e que o "bólide" apareça são e salvo em breve ...
    Beijocas
    SM

    ResponderEliminar

Obrigada!