-->

Páginas

30 janeiro 2012

Só a mim...

Esqueci-me de contar. Estávamos nós lá no quiz, descansadinhas da vida, quando toca o meu telefone. Era o senhor marido, a perguntar onde estávamos. Atentem no diálogo:

Marido, com voz de sono: onde é que estás?
Eu: nos anos da Lia.
Marido: e a filha?
Eu: veio comigo.
Marido: e o filho?
Eu: ficou a dormir na cama dele.
Marido: não ficou não... ele não está na cama.
Eu: está sim...
Marido: vá diz lá... já sei, deixaste-o na tua mãe...
Eu: não. Ele ficou na cama dele, a dormir...
Marido: então mas eu já lá fui ver e ele não está lá...
Eu: vê melhor. Ele não pode ter ido longe [a cama é de grades e não há como o miúdo fugir dali]
Marido: eu vou ver outra vez, mas acho que tu estás a gozar comigo e que ele não está aqui...

Estava. Todo enrolado, aos pés da cama, mas estava. E claro que quem estava ao pé de nós se ficou a rir com a cena de "pai perde filho dentro de uma cama com 120cm x 70cm"...


10 comentários:

  1. muito boa esta :) a criança estava a brincar às escondidas, o pai é que nao percebeu :)

    ResponderEliminar
  2. LOL ... :) :)

    vá lá ... não vos deu para apanhar um grande susto **

    ResponderEliminar
  3. Que espectáculo!!! O sono faz destas coisas lindas!!!

    ResponderEliminar
  4. Olá!! encontrei agora mesmo o teu blogue, assim, por acaso...
    Estou deliciada com os teus posts! :) Fiquei fã! eheheh! e escolhi este para deixar o meu comentário! sem dúvida, o meu preferido... bom, até agora, porque ainda me faltam alguns para trás! :) felicidades

    ResponderEliminar

Obrigada!