-->

Páginas

20 agosto 2012

O belo adormecido

Os sonos do meu filho são a um tempo imprevisíveis e certinhos. Ontem, por exemplo: acordou cedo, dormiu uma sesta grande a meio da manhã e isso fez com que não dormisse à tarde. Ao anoitecer, moido e com o jantar ainda atrasado, deitei-o para que passasse pelas brasas. Ele passou pelo incêndio, salvo seja. Deitou-se às 19h15. Por volta das 22h fui mudar-lhe a fralda... nem deu por mim. Acordou hoje às 8h10. Voltou a dormir das 10h às 11h30 e agora está de novo a dormir... E isso faz com que ande com a pedalada toda quando está acordado. Fica bem disposto, brinca, ri-se. Não anda rabugento nem chato nem desesperado de sono. E quando dorme, dorme como dever ser (apesar de ser do contra e dizer, quase sempre, que "num quéo" dormir).


Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada!