-->

Páginas

19 setembro 2012

Tanta coisa...

Uma pessoa fica sem net dois dias e parece que o mundo desaba. Resumindo:


 


- Em dois dias, fiz quatro capas para almofadas. Nunca me tinha atrevido porque achei que a coisa seria mais complicada do que na realidade é. Porque, na verdade, acho que deve haver muito poucas coisas mais fáceis de fazer do que capas para almofadas.


 


- Criança mais velha a adorar a escola nova. É o que se quer!


 


- Criança mais nova constipada. Bela maneira de antecipar a chegada do outono...


 


- Começam (aqui nas minhas bandas) os dias mais frescos. Que depois aquecem. E uma pessoa fica perdida entre a roupa de verão (demasiado fresca para as manhãs e os fins de tarde) e a de meia estação (demasiado quente para o meio do dia).


 


- Casa dos Segredos: é fácil fazer aquele tipo de casting e não admira que se conheçam todos. Basta ir a um ou dois espaços de diversão nocturna e a probabilidade de se esbarrar com o género é grande. Nos entretantos, já se vão sabendo uns segredos aqui e ali...


 


- A "Voz" deve ter que se dopar para não se desmanchar a rir cada vez que tem que chamar a Cátia Mááááááááárisa... (eu teria que me dopar, sem dúvida!).


 


- Vi, finalmente, um filmezinho. Não acontecia há demasiado tempo!


 


- Tenho o "Come Along" desta semana atrasado, culpa da falta de net dos últimos dois dias. Mas sai a seguir.


 


- Ando a ler um livro que... (more on this later!)



3 comentários:

  1. Epa por esta é que não esperava, veres a Casa dos Segredos... não me parecia nada do teu género que vê filmes e lê livros que a maioria das pessoas acharia uma seca... por isso é que não esperava que perdesses o teu tempo a ver um programa que não contribui em nada para a vida de ninguém.

    Mas pronto vou tentar ignorar este detalhe e ler o que continuas a ver e a ler e a viver :P...

    ResponderEliminar
  2. Oh pá, fizeste-me rir. Nunca escondi que me divirto a ver este tipo de lixo televisivo. Se perco tempo com isto? Os domingos à noite, mas rio-me à brava, por isso acho que compensa. Vejo isto como uma espécie de observação sociológica. E rio-me, pronto.

    Agora, o que realmente me fez rir foi a tua ideia de que vejo filmes e leio livros que a maioria das pessoas acharia uma seca. O que é que não é uma seca? Comédias para adolescentes? Livros ditos "light", tipo Nicholas Sparks e Nora Roberts? Pois, de facto não vejo uns nem leio outros. Mas, se experimentares, vais ver que muito pouco do que vejo ou leio é uma seca. É que não sou dada a cenas pseudo-intelectualóides. E é também por isso que não vejo mal nenhum em ver A Casa dos Segredos. Porque, lá está, vejo outras coisas e leio outras coisas. Se fosse só A Casa dos Segredos, aí sim, acharia que tinha um problema...

    ResponderEliminar
  3. eheh eu digo que a maioria considera uma seca (eu não, adoro) porque a maioria só lê coisas banais tipo vampiros e coisas ligeiras com poucas páginas ou nem sequer lê... e a maioria prefere filmes que pronto dêem pouco que pensar (nunca reparas-te na programação de fim de semana). Por isso é que a casa do Segredos tem tanta popularidade porque uma pessoa vê ri-se da parvoíce e esquece-se que ali está representado uma fasquia elevada da nossa sociedade e esquece-se dos problemas.

    Lembro de ter lido um livro (não me lembro o nome) em que fala da inquisição no futuro... e o porque da inquisição porque as pessoas querem coisas rápidas, ligeiras, que não as façam pensar nem sentir mal... e os livros são desnecessários porque estimulam a mente e são grandes o que faz perder tempo... já televisão deles é tudo programas inúteis mas que ninguém consegue desligar. Claro que existem uma mentes iluminadas que continuam a esconder os livros e a ler e a questionar os porquês da vida e da sociedade...

    ResponderEliminar

Obrigada!